Simpósio de Pecuária Integrada recebe trabalhos até dia 18

Agronegócio

Simpósio de Pecuária Integrada recebe trabalhos até dia 18

Para submeter trabalhos é preciso que o autor esteja inscrito no Simpósio e tenha o pagamento da taxa de inscrição confirmado
Por:
1073 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Para submeter trabalhos é preciso que o autor esteja inscrito no Simpósio e tenha o pagamento da taxa de inscrição confirmado

Termina no próximo domingo, dia 18, o prazo para submissão de trabalhos ao II Simpósio de Pecuária Integrada (Simpi), que será realizado em Sinop (MT) de 13 a 15 de outubro. Os resumos deverão ser submetidos pelo site do evento.

Os trabalhos devem ter como tema áreas como produção e nutrição de ruminantes, ciência do solo, forragicultura e pastagens, sistemas integrados de produção, reprodução e sanidade animal, administração e extensão rural, pragas de sistemas agrícolas, melhoramento genético (animal e vegetal), produção vegetal e ciência florestal. Todos os resumos serão avaliados pelo Comitê Científico do Simpi com base na qualidade técnica e científica e nos métodos utilizados.

Os resumos aprovados serão apresentados em forma de pôster durante o evento e farão parte dos anais do II Simpi. A lista com as aprovações e o cronograma de apresentação será divulgada pela comissão organizadora até o dia 30 de setembro.

Mais informações sobre os critérios de submissão e sobre a forma de entrega podem ser encontradas no site www.pecuariaintegrada.com.br.

Inscrições

As inscrições para o II Simpósio de Pecuária Integrada já podem ser feitas pelo site do evento. Até 30 de setembro, os valores são R$ 50 para estudantes de graduação, R$ 80 para alunos de pós-graduação e R$ 100 para profissionais e produtores. Após essa data, as taxas serão reajustadas para R$ 80, R$ 100 e R$ 130, respectivamente. Estes valores permanecem até dia 12 de outubro, quando as inscrições antecipadas serão encerradas. Na secretaria do Simpi, caso ainda restem vagas, os valores serão R$ 100, R$ 130 e R$ 150.

Programação

Esta segunda edição do Simpósio de Pecuária Integrada terá como tema a recuperação de pastagens. Haverá palestras, debates, apresentação de pôsteres e também um dia de campo sobre ILPF realizado no campo experimental da Embrapa Agrossilvipastoril.

A programação dos dois primeiros dias será no Centro de Eventos Dante de Oliveira e terá palestras sobre a produção sustentável nas fronteiras agrícolas, integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) como alternativa para recuperação de pastagens, plantio direto na recuperação de pastagens, nutrição e adubação de plantas forrageiras tropicais, manejo integrado de pragas em integração lavoura-pecuária, manejo de plantas daninhas em ILPF, melhoramento genético de bovinos para sistemas integrados, oportunidade de sistemas integrados em semi-confinamento, desafios sanitários em sistemas de confinamento, entre outros.

Serão palestrantes no evento pesquisadores de diferentes Unidades da Embrapa, professores de universidades como a Esalq e UFPR e profissionais de diferentes instituições e empresas parceiras na organização do evento.

Dia de campo

No sábado, dia 15, último dia do evento, será realizado um dia de campo Na Embrapa Agrossilvipastoril. O roteiro terá três estações, em que cada uma abordará um dos componentes do sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF).

A programação completa pode ser conferida no site www.pecuariaintegrada.com.br.

O II Simpi é uma promoção conjunta da Embrapa Agrossilvipastoril, Universidade Federal de Mato Grosso e Grupo de Estudos em Pecuária Integrada (Gepi), MT Ciência e Senar-MT.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink