RN: comunidades vulneráveis são beneficiadas com doações no estado

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Pixabay
DOAÇÃO

RN: comunidades vulneráveis são beneficiadas com doações no estado

Comunidades em situação de vulnerabilidade estão recebendo da Conab um total de 20.844 cestas de alimentos
Por:

Os povos tradicionais de comunidades indígenas e quilombolas no Rio Grande do Norte, em situação de vulnerabilidade, estão recebendo da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) um total de 20.844 cestas de alimentos. Os produtos foram adquiridos com recursos do Ministério da Cidadania (MC) e por demandas da Fundação Nacional do Índio (Funai) e Fundação Cultural Palmares (FCP).

Para as comunidades quilombolas são 14.456 cestas destinadas a 3.614 famílias em duas etapas. Nesta semana, a Companhia finaliza a primeira etapa, com a entrega de 7.228 cestas. Os municípios contemplados são: Assú, Bodó, Lagoa Nova, Santana do Matos, Bom Jesus, Ceará Mirim, Coronel João Pessoa, Currais novos, Ielmo Marinho, Ipanguaçu, Jundiá, Luís Gomes, Macaíba, Parelhas, Parnamirim, Patu, Pedro Avelino, Poço Branco, Portalegre, Santo Antônio, São Tomé, Tibau do Sul e Touros. A segunda etapa (mais 14.456 cestas) começa no dia 26 de abril e segue até 14 de maio.

Já para os indígenas, são 6.388 cestas entregues a 1.597 famílias distribuídas nos municípios de Baía Formosa, Canguaretama, Goianinha, Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Natal, João Câmara, Jardim de Angicos, Assú, Mossoró e Apodi. A ação também ocorre em duas etapas. Em março foram entregues 3.194 cestas da primeira etapa e, a partir do dia 13 de abril, serão entregues mais 3.194 cestas, até o dia 21 do mesmo mês.

Nesta ação, tanto as famílias indígenas quanto quilombolas receberão um total de quatro cestas cada, com produtos como feijão, arroz, farinha de mandioca, açúcar cristal, macarrão, leite em pó, flocos de milho e óleo de soja, incluídos em cestas de 22Kg. Somadas as cestas, serão 458,5 toneladas de alimentos entregues.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink