Agricultores de Santa Clara do Sul recebem certificados de produção orgânica

Agricultura

Agricultores de Santa Clara do Sul recebem certificados de produção orgânica

Agricultores receberam documento que certifica as suas propriedades como de produção orgânica
Por:
38 acessos

Treze dos 30 agricultores que integram o Programa Santa Clara Mais Saudável receberam nesta quarta-feira (09/01) o documento que certifica as suas propriedades como de produção orgânica. O ato, acompanhado pelo prefeito de Santa Clara do Sul, Paulo Kohlrausch, pelo secretário de Infraestrutura Edson Mallmann, e por representantes da Emater/RS-Ascar e do Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (Capa), foi realizado no auditório da Prefeitura. Os certificados, concedidos pela Rede Agroecologia EcoVida, permitem aos produtores a adoção de um selo máximo de qualidade.

Lançada em junho de 2017, a política pública busca tornar o município uma referência em Agroecologia. ?A intenção é promover a saúde e a qualidade de vida de forma sustentável, com geração de renda e respeito ao meio ambiente?, destacou Kohlrausch. Desde o início, o programa contou com uma série de capacitações, oficinas, reuniões e dias de campo com temas diversos relacionados à produção de base ecológica. ?Nesse período foram centenas de visitas técnicas, com acompanhamento contínuo e sistemático?, salienta o extensionista da Emater/RS-Ascar, Ivan Bonjorno.

Já o extensionista da Emater/RS-Ascar, Luiz Bernardi, observa o fato de o Santa Clara Mais Saudável envolver toda a cadeia produtiva da alimentação saudável, desde o preparo do solo, passando pelos tipos de adubação e pelo controle ecológico de pragas e doenças, até chegar aos canais de comercialização e aos consumidores, que também são mobilizados para o tema. ?Não é por acaso que, desde o último mês de agosto, o município já conta com uma feira de produtores ecologistas, com grande diversidade, boa qualidade dos alimentos e uma ótima resposta do público?, garante Bernardi.

Para o técnico do Capa, Augusto Webber, o sucesso do programa se dá justamente pelo trabalho em parceria entre o poder público e os agricultores. ?Não por acaso, alguns produtores serão convidados a integrar a comissão de ética do processo de certificação de outras regiões?, observa

Com o objetivo de também estimular a educação alimentar, Kohlrausch adiantou, durante o encontro, que o tema da próxima SantaFlor, a ser realizada em setembro, será a produção de base ecológica. ?Pretendemos promover palestras, cursos e workshops, difundindo o conceito de sustentabilidade?, finaliza.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink