Festa da Uva amplia leque de expositores com inclusão de novas frutas e hortaliças

Festa da Uva de Jundiaí

Festa da Uva amplia leque de expositores com inclusão de novas frutas e hortaliças

A mudança visa aumentar consideravelmente o número de expositores
Por:
46 acessos

A tradicional exposição e premiação de uvas que ocorrem na Festa da Uva de Jundiaí vai contar com outros tipos de frutas da época e também com hortaliças diversas na 35ª edição, que será realizada de 18 de janeiro a 27 de fevereiro do próximo ano. A mudança visa aumentar consideravelmente o número de expositores, que teve redução nas últimas edições, e foi anunciada nesta sexta-feira (02) durante encontro com produtores da cidade no bairro Bom Jardim.

Apesar da Unidade de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT) ter ampliado o número de categorias na exposição do evento, o gestor da pasta, Eduardo Alvarez, afirma que a uva vai continuar sendo a categoria de maior prestígio, na qual os expositores concorrem ao prêmio principal. Concorrem ao prêmio as uvas Niágaras rosadas, brancas e mistas. “Vamos contar também com as frutas da época, como goiaba, maça, pera e pêssego”, anuncia o gestor.

Alvarez destaca a participação dos produtores no regulamento da exposição. Nesta sexta-feira (02), ocorreu a segunda reunião com agricultores da cidade para definir os últimos detalhes do concurso, na propriedade do produtor de uva, Almir Michelim, 55 anos, que já ganhou diversos prêmios na festa.

Para Michelim, as mudanças vão melhorar o evento e valorizar ainda mais a fruticultura do município. “A mudança é boa, pois vai atrair mais agricultores para a festa e mostrar como a agricultura de Jundiaí é diversificada”, destaca o tradicional agricultor do bairro Bom Jardim, que conta com uma produção aproximada de 70 toneladas por ano de uva Niágara.

Segundo o jovem produtor de uva do bairro Traviú, Anderson Alceu Tomazetto, 33 anos, este tipo de encontro realizado nesta sexta-feira (02) é importante para incentivar os produtores a se planejarem para podar as parreiras para o evento, pois nem todos contam com uvas entre janeiro e fevereiro. “Estamos nos organizando para deixar uma poda para a exposição”, informa Tomazetto.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink