Bula Brigada EC - FMC

Bula Brigada EC

acessos
Bifentrina
9307
FMC

Composição

Bifentrina 400 g/L Piretróide

Classificação

Acaricida, Inseticida
II - Altamente tóxico
II - Produto muito perigoso
Inflamável
Não corrosivo
Concentrado Emulsionável (EC)
Contato, Ingestão

Cana-de-açúcar Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca da cana
(Migdolus fryanus)
0,6 L p.c./ha 90 L de calda/ha - Único. Não determinado. Sulco de plantio
Cupim
(Heterotermes tenuis)
0,3 L p.c./ha 90 L de calda/ha - Único. Não determinado. Sulco de plantio
Cupim
(Procornitermes triacifer)
0,3 L p.c./ha 90 L de calda/ha - Único. Não determinado. Sulco de plantio

Conteúdo: 0,50; 1; 5; 10; 20; 50 e 100 L.

INSTRUÇÕES DE USO:
BRIGADA EC é um inseticida de contato e ingestão utilizado para aplicação no sulco de plantio.

CULTURA / PRAGAS / DOSES:
Vide a seção: “Indicações de Uso/Doses”

INÍCIO, NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO:
Uma única aplicação é suficiente para controle da praga.

MODO DE APLICAÇÃO:
BRIAGADA EC pode ser aplicado por via terrestre, através de pulverizadores costais (manual) e tratorizados (pulverizadores de barra). Realizar inspeções nos equipamentos de aplicação para calibrar e manter (bicos, barra, medidores de pressão) em perfeito estado visando uma aplicação correta e segura para total eficiência do produto sobre o alvo.

Cana-de-açúcar: Aplicar o produto no sulco de plantio, direcionando o bico a uma altura de 40 cm (bico/solo). O volume de calda recomendado é de 90 L/ha. O volume pode ser alterado conforme a tecnologia de aplicação e especificação do equipamento.

Equipamentos de aplicação:
-Equipamentos terrestres:
Bicos: bicos de jato cônico vazio. Todos os bicos de uma barra deverão se manter à mesma altura em relação ao topo da planta.
Pressão: 60-70 psi (costais) e 80-100 psi (equipamentos tratorizados).
Diâmetro e densidade de gotas: 110 a 500 µm com um mínimo de 40 gotas/cm².
Faixa de deposição: Utilizar distância entre bicos na barra de aplicação de forma que permita maior uniformidade de distribuição de gotas, sem áreas com falhas ou excesso.

INTERVALO DE SEGURANÇA:
Cana-de-açúcar: Não especificado devido a modalidade de aplicação;

LIMITAÇÕES DE USO:
Nas doses recomendadas o produto não é fitotóxico na cultura indicada.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Incluir outros métodos de controle de insetos (ex. controle cultural, biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponível e apropriado.

Qualquer agente de controle de insetos pode ficar menos efetivo ao longo do tempo se o inseto alvo desenvolver algum mecanismo de resistência. Implementando as seguintes estratégias de manejo de resistência a inseticidas (MIP) poderíamos prolongar a vida útil dos inseticidas.
- Qualquer produto para controle de inseto da mesma classe ou modo de ação não deve ser utilizado em gerações consecutivas da mesma praga.
- Utilizar somente as doses recomendadas na bula.
- Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para direcionamento sobre recomendações locais para o MIP.

Compatibilidade

Não há casos de incompatibilidade