Bula Brometila - Bromisa
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Bula Brometila

Brometo de metila
628408
Bromisa

Composição

Brometo de metila 980 g/kg

Classificação

Fumigante
Inseticida, Fungicida, Nematicida
2 - Produto Altamente tóxico
I - Produto extremamente perigoso
Não inflamável
Corrosivo
Gás (GA)
Fumigante

Cilindros metálicos de: 25; 50; 90; 100; 675; 681 kg.
Isotanques de 18.000 kg.

INSTRUÇÕES DE USO

BROMETILA é inseticida, fungicida e nematicida fumigante indicado exclusivamente para tratamentos quarentenários e fitossanitários dos vegetais, produtos vegetais ou produtos de origem vegetal, madeira e seus subprodutos, e de embalagens e suportes de madeira. Fonte: Instrução Normativa Conjunta nº 2 de 21/12/2015 e ATO Nº 74 de 22/12/2015.
DOSE: vide bula

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

Uma única aplicação é suficiente para o controle das pragas.
O uso de BROMETILA deve ser realizado em procedimentos quarentenários e fitossanitários dos vegetais, produtos vegetais ou produtos de origem vegetal, madeira e seus subprodutos, e de embalagens e suportes de madeira.

MODO DE APLICAÇÃO

Em atendimento à Instrução Normativa Conjunta nº 2 de 21/12/2015 e ATO Nº 74 de 22/12/2015, as operações de fumigação somente poderão ser realizadas por empresas habilitadas e credenciadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Devem seguir as normas estabelecidas pela Instrução Normativa n.° 66 de 27/12/2006 e pelo Manual de Procedimentos para Tratamentos de Fitossanitários com Fins Quarentenários.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Não determinado. BROMETILA é destinado exclusivamente para tratamento em procedimentos quarentenários e fitossanitários dos vegetais, produtos vegetais ou produtos de origem vegetal, madeira e seus subprodutos, e de embalagens e suportes de madeira.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Após o período de fumigação, o técnico legalmente habilitado deverá promover a aeração do local e realizar medições com o uso de detectores de gases até que se obtenham leituras inferiores a 5 ppm de brometo de metila, então liberando o local de tratamento para reentrada.

LIMITAÇÕES DE USO

Uso exclusivo em tratamentos quarentenários e fitossanitários dos vegetais, produtos vegetais ou produtos de origem vegetal, madeira e seus subprodutos, e de embalagens e suportes de madeira, conforme Instrução Normativa Conjunta nº 2 de 21/12/2015 e ATO Nº 74 de 22/12/2015.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

BROMETILA é indicado para uso exclusivo em tratamentos quarentenários e fitossanitários dos vegetais, produtos vegetais ou produtos de origem vegetal, madeira e seus subprodutos, e de embalagens e suportes de madeira. Conforme Instrução Normativa Conjunta nº 2 de 21/12/2015 e ATO Nº 74 de 22/12/2015. Incluir outros métodos de controle de pragas (Ex. Controle cultural, biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas, quando disponível e apropriado.

BROMETILA é indicado para uso exclusivo em tratamentos quarentenários e fitossanitários dos vegetais, produtos vegetais ou produtos de origem vegetal, madeira e seus subprodutos, e de embalagens e suportes de madeira. Conforme Instrução Normativa Conjunta nº 2 de 21/12/2015 e ATO Nº 74 de 22/12/2015.
Qualquer agente de controle de inseto pode se tornar menos efetivo ao longo do tempo, se a praga alvo desenvolver algum mecanismo de resistência a ele. O Comitê Brasileiro de Ação a Resistência a Inseticidas - IRAC-BR, recomenda as seguintes estratégias de manejo de resistência, visando prolongar a vida útil dos inseticidas:
- Qualquer produto para controle de pragas, da mesma classe ou modo de ação, não deve ser utilizado em gerações consecutivas da praga.
- Usar somente as doses recomendadas na bula/rótulo.
- Consultar sempre um Engenheiro Agrônomo para orientação sobre o Manejo de Resistência a Inseticidas.
- Incluir outros métodos de controle de pragas (Ex. Controle cultural, biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas, quando disponível e apropriado.

Produto corrosivo ao alumínio.