Bula Chopper Florestal - Basf

Bula Chopper Florestal

acessos
Imazapyr
6404
Basf

Composição

Imazapir 266.3 g/L Imidazolinonas

Classificação

Herbicida
III - Medianamente tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Concentrado Solúvel (SL)
Sistêmico

Eucalipto Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Eucalipto
(Eucalyptus spp)
30 a 40 mL de calda/toco - - - Não determinado. Erradicação de tocos / cepas de eucalipto, uma vez que o mesmo é altamente sensível ao produto, com Jato dirigido no toco / cepa, com total molhamento da região cambial
Pinus (Floresta implantada) Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Buva
(Conyza bonariensis)
2 a 3 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pós-plantio: 60 dias após o plantio
Buva
(Conyza bonariensis)
1,6 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pré-plantio: 45 a 90 dias antes do plantio
Jurubeba
(Solanum paniculatum)
2 a 3 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pós-plantio: 60 dias após o plantio
Jurubeba
(Solanum paniculatum)
1,6 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pré-plantio: 45 a 90 dias antes do plantio
Maria Mole
(Senecio brasiliensis)
2 a 3 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pós-plantio: 60 dias após o plantio
Maria Mole
(Senecio brasiliensis)
1,6 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pré-plantio: 45 a 90 dias antes do plantio
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
2 a 3 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pós-plantio: 60 dias após o plantio
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
1,6 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pré-plantio: 45 a 90 dias antes do plantio
Sapé
(Imperata brasiliensis)
2 a 3 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pós-plantio: 60 dias após o plantio
Sapé
(Imperata brasiliensis)
1,6 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pré-plantio: 45 a 90 dias antes do plantio
Tiririca
(Cyperus rotundus)
2 a 3 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pós-plantio: 60 dias após o plantio
Tiririca
(Cyperus rotundus)
1,6 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pré-plantio: 45 a 90 dias antes do plantio
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
2 a 3 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pós-plantio: 60 dias após o plantio
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
1,6 L p.c./ha 100 a 800 L de calda/ha - - Não especificado. Pré-plantio: 45 a 90 dias antes do plantio

INSTRUÇÕES DE USO:
Modo de Ação do Produto:
A ação herbicida do CHOPPER® FLORESTAL é resultado da redução dos níveis de 3 (três) aminoácidos alifáticos de cadeia ramificada, valina, leucina e isoleucina, através da inibição do ácido hidroxiacético sintetase (AHAS), uma enzima comum na via biossintética destes aminoácidos.
Esta inibição interrompe a síntese protéica, que por sua vez interfere na síntese de DNA e no crescimento celular. A biossíntese destes três aminoácidos e a enzima AHAS não ocorrem em animais.
CHOPPER® FLORESTAL é absorvido e translocado rapidamente através do xilema e floema para as regiões meristemáticas da planta, onde se acumula. Embora a interrupção de crescimento e a morte das regiões merismáticas ocorram logo após a aplicação, a clorose das folhas novas e a necrose dos tecidos podem demorar em algumas espécies até duas semanas. Em plantas perenes, CHOPPER® FLORESTAL é translocado para os rizomas, matando-os e impedindo a rebrota. O herbicida CHOPPER® FLORESTAL possui excelente atividade residual, proporcionando o controle pré-emergente de plantas infestantes em germinação durante vários meses.

PINUS: CHOPPER® FLORESTAL possui amplo espectro no controle da vegetação infestante de florestas de Pinus (Pinus taeda; Pinus oocarpa), onde foi testado durante e após a implantação destas espécies.


TIPO DE FLORESTA / PLANTAS INFESTANTES / DOSE / NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO:

Tipo de Floresta: PINUS (Pinus taeda; Pinus oocarpa)
Método de Aplicação:
*Pré-plantio:
- Doses de Chopper® Florestal: 1,6 L/ha
- Época de Aplicação: 45 a 90 dias antes do plantio

*Pós-plantio:
- Doses de Chopper® Florestal: 2,0 - 3,0 L/ha
- Época de Aplicação: 60 dias após o plantio

Estágio das plantas infestantes: A aplicação inicial deve ser feita em condições de pós-emergência tardia das plantas infestantes, quando elas se encontram em uma fase ativa do crescimento. Aplicações em plantas em um estágio de florescimento e frutificação apresentam ação mais lenta. Tratamento de pré-emergência são recomendados para manutenção das áreas previamente tratadas, respeitando-se os intervalos de segurança para a espécie florestal.

MODO DE APLICAÇÃO:
Tipo de Aplicação:
*Pré-plantio (Área total):
Equipamento:
- Costal: Bicos = 110.01 e 110; Volume da calda = 100 a 800 L/ha
- Mecanizado: Bicos = 110.02, 110.03 e 110.04; Volume da calda = 100 a 400 L/ha

*Pós-plantio com proteção de mudas
Equipamento:
- Costal: Bicos = anti-deriva; Volume da calda = 100 a 800 L/ha
- Mecanizado (com barra protegido): Bicos: 110.02, 110.03 e 110.04; Volume de calda = 100 a 400 L/ha

Erradicação de tocos de eucalipto:
O herbicida CHOPPER® FLORESTAL é recomendado para erradicação de tocos / cepas de eucalipto, uma vez que o mesmo é altamente sensível ao produto.

ERRADICAÇÃO DE TOCOS / CEPAS DE EUCALIPTO
- Método de Aplicação: Jato dirigido no toco / cepa
- Doses de Chopper®Florestal: 1 a 2% v/v (30 a 40 mL/toco) com total molhamento da região cambial
- Época de Aplicação: Até 72 horas após o corte

Condições Climáticas de Aplicação:
Para melhores resultados, aplicar em condições de umidade relativa do ar acima de 50%, temperatura inferior a 30°C e velocidade do vento inferior a 8 km/hora, a fim de evitar derivas para outras áreas vizinhas. CHOPPER® FLORESTAL pode ser aplicado em qualquer época do ano, porém o melhor controle é obtido quando as plantas estão em estágio ativo de crescimento.

INTERVALO DE SEGURANÇA:
Não especificado devido à modalidade de emprego do produto.

LIMITAÇÕES DE USO:
Fitotoxicidade: o produto é seletivo para a cultura de Pinus e não é seletivo para o eucalipto.
Recomendações:
• Não armazenar junto com sementes, fertilizantes, inseticidas e fungicidas.
• Aplicar somente em tocos/cepas de eucalipto, evitando derivas para o eucalipto implantado.
• Lavar cuidadosamente o equipamento de aplicação após o uso.
• Enxaguar diversas vezes o tanque, as tabulações, mangueiras e barras, removendo os bicos e filtros, lavando-os separadamente.
• Não aplicar o produto próximo as árvores e plantas úteis, a fim de evitar danos pela sua absorção foliar ou radicular.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

A rotação de culturas pode permitir também rotação nos métodos de controle das plantas infestantes que ocorrem na área. Além do uso de herbicidas, outros métodos são utilizados dentro de um manejo integrado de plantas infestantes, sendo eles o controle manual, o controle mecânico, através de roçadas ou cultivadores, a rotação de culturas e a dessecação da área antes do plantio os mais utilizados e eficazes.

O uso continuado de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação pode contribuir para o aumento de população de plantas infestantes resistentes a esse mecanismo de ação.
Como prática de manejo de resistência de plantas infestantes, deverão ser aplicados, alternadamente, herbicidas com diferentes mecanismos de ação. Os herbicidas deverão estar registrados para a cultura. Não havendo produtos alternativos, recomenda-se a rotação de culturas que possibilite o uso de herbicidas com diferentes mecanismos de ação. Para maiores esclarecimentos, consulte um Engenheiro Agrônomo.