Bula Fysium - Biorisk

Bula Fysium

CI
Metilciclopropeno
7419
Biorisk

Composição

Metilciclopropeno 980 g/kg

Classificação

Terrestre
Regulador de crescimento
1 - Produto Extremamente Tóxico
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Gerador de Gás (GE)
Regulador de crescimento

Tipo: Cartuchos.
Material: Plástico.

INSTRUÇÕES DE USO

FYSIUM® é um regulador de crescimento, indicado para uso na cultura da maçã, cujo modo de ação se dá pela inibição da produção de etileno em frutos climatéricos. O ingrediente ativo 1- MCP se une aos receptores presentes nas membranas celulares das plantas, bloqueando sua capacidade para se unir a moléculas de etileno. Ao neutralizar o etileno, 1-MCP contribui com numerosos benefícios para a cultura da maçã, aumentando a durabilidade da fruta, retardando a sua maturação e prolongando o tempo de armazenamento e vida útil.
O gás 1-MCP se produz in loco ao se ativar o equipamento de aplicação fabricado pela Janssen PMP.
A tecnologia FYSIUM® é constituída por um gerador e um conjunto de cartuchos contendo reagentes para geração do gás 1-MCP. Cada conjunto de cartuchos é confeccionado de maneira personalizada para cada cliente, de acordo com o volume da câmara de tratamento e a concentração de gás determinada.

CULTURA, DOSES, NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

A concentração ideal de 1-MCP na câmara de tratamento é de 0,650 ppm (equivalente a 1,42 mg i.a. 1-MCP/m3 ). As concentrações mais altas são recomendadas de acordo com menor ou maior incremento desejado no período de pós colheita.
As quantidades de reagentes nos cartuchos e número de geradores a serem usados são calculados de acordo com o volume da câmara de tratamento, de forma a se obter a concentração de 1-MCP desejada.
Obtém-se melhor resultado se a fruta for resfriada imediatamente após a colheita e o tratamento ocorrer antes do pico de respiração climatérico ou da produção do etileno. Para um armazenamento de longa duração, maiores benefícios são obtidos se a fruta for tratada quando estiver em seu melhor nível de amadurecimento.
Consulte sempre um Engenheiro Agrônomo.


MODO DE APLICAÇÃO:

Devido à forma de atuação do FYSIUM®, as frutas a serem tratadas devem ser expostas ao produto em ambiente hermeticamente fechado. O tratamento pode ser feito em câmaras de armazenamento. O produto não se destina a ser usado ao ar livre nem em outras áreas não fechadas.
Durante o período de aplicação de FYSIUM®, evite a operação de qualquer dispositivo que possa provocar a redução de absorção do gás (filtros com carvão ativado, geradores de ozônio ou atmosfera controlada, etc.), pois isso pode interferir na eficácia do tratamento.
Recomenda-se colocar um aviso visível em todos acessos da câmara de tratamento com os dizeres “Não entrar e nem abrir a porta. Tratamento FYSIUM® em progresso”.
Para aplicação de FYSIUM®, o operador do equipamento gerador deve proceder da seguinte forma:
- Coloque o gerador sobre uma superfície estável, do lado externo da câmara de armazenamento.
- Conecte o gerador a uma fonte de energia e ligue o equipamento.
- Inserir o conjunto de cartuchos no equipamento gerador.
- Conecte o tubo de plástico na saída do cartucho e insira-o na área de tratamento, fazendo-o passar através de uma abertura destinada para este fim. Certifique-se de que a extremidade de saída do tubo esteja suficientemente inserida na área de tratamento, de maneira a alcançar o fluxo de ar do sistema de circulação de ar interno.
- Pressione o botão START para dar início à geração do gás in loco; o ingrediente ativo 1MCP que sai do gerador é canalizado através do tubo de conexão e lançado em direção à sala hermeticamente fechada para o tratamento.
- Depois de 2 horas, o gerador se desliga automaticamente; desconecte-o da fonte de energia.
- Os cartuchos não são recarregáveis e não devem ser violados ou reutilizados até a destinação final.
ATENÇÃO: O tratamento pode se tornar ineficaz caso o local de tratamento seja aberto antes que se finalize o tempo de aplicação prescrito.
O equipamento de aplicação e o cartucho são preparados previamente pelo operador. O comando de aplicação e a recuperação e retirada do equipamento ocorrem no lado externo da câmara de tratamento.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Intervalo de segurança não determinado devido às características do produto e modo de aplicação.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Não entre no local de tratamento durante a aplicação ou antes da ventilação do ambiente. Mantenha a área tratada fechada por 24 horas após o tratamento e ventile a área por 30 minutos antes de ingressar novamente na câmara. Caso necessite entrar na área, utilize os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados para uso durante a aplicação.

LIMITAÇÕES DE USO

A aplicação somente poderá ser realizada em ambientes hermeticamente fechados. Recomenda-se que as frutas sejam tratadas logo após a colheita (máximo de 7 dias). As frutas que não forem imediatamente comercializadas após a aplicação deverão ser mantidas em lugares refrigerados ou com temperatura controlada, de acordo com as boas práticas de armazenamento e comercialização.
FITOTOXICIDADE: Se utilizado de acordo com a recomendação de uso indicada, o produto não causará danos à cultura de maçã, não apresentando efeito fitotóxico.
COMPATIBILIDADE: O produto não apresenta incompatibilidade com outros produtos fitossanitários, mas não é recomendada a sua aplicação em frutas previamente tratadas com produtos para acelerar o amadurecimento, por exemplo ácido 2-cloroetilfosfônico.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Não aplicável por se tratar de produto regulador de crescimento, para tratamento pós-colheita.

Não aplicável por se tratar de produto regulador de crescimento, para tratamento pós-colheita.