Bula Grão Verde AG - Dipil
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Bula Grão Verde AG

Sulfluramida
11711
Dipil

Composição

Sulfluramida 3 g/kg

Classificação

Terrestre
Formicida, Inseticida
5 - Produto Improvável de Causar Dano Agudo
III - Produto perigoso
Não inflamável
Corrosivo
Isca Granulada (GB)
Ingestão

Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico

Calda Terrestre Dosagem
Atta capiguara (Saúva parda)
Atta sexdens rubropilosa (Saúva limão)

Conteúdo líquido: 0,5; 5; 10; 15 kg.

INSTRUÇÕES DE USO

Formicida indicado para o controle de formigas cortadeiras do gênero Atta (Saúvas), espécies Atta sexdens rubropilosa (saúvalimão) e Atta capiguara (saúva-parda).
Para o cálculo da área de terra solta, localizar a sede do formigueiro e multiplicar o maior comprimento em metros pela maior largura em metros da sede.
No caso de Atta capiguara (saúva-parda) incluir, no cálculo de área, as rosetas e discos existentes ao lado dos montes de terra solta.

NÚMERO / INTERVALO DE APLICAÇÃO

Normalmente uma única aplicação é suficiente para controle. Em caso de necessidade de repasse repetir a aplicação entre 60 e 90 dias após a primeira aplicação.

ÉPOCA DE APLICAÇÃO

Iniciar as aplicações sempre que forem localizados formigueiros em atividade.
O produto pode ser aplicado em qualquer época do ano.
Aplicar o produto com tempo seco e ao entardecer, para evitar umedecimento e interrupção noturna do trabalho de carregamento das iscas pelas formigas.

MODO DE APLICAÇÃO

No caso do produto acondicionado em saquinhos de 10g (denominados micro-dosadores e/ou dosadores específicos), distribuir os saquinhos junto aos olheiros de forragem ao lado das trilhas. As formigas cortarão os saquinhos e carregarão as iscas para dentro do formigueiro.
No caso do produto acondicionado nas demais embalagens colocá-lo em porta-iscas, desenvolvidos especialmente para esta finalidade.
Visando aumentar a segurança para seres humanos e animais, quando da aplicação do produto procurar colocá-lo em porta-iscas aprovados, de modo a impedir que o mesmo fique exposto a outros organismos que não as formigas.
O Engenheiro Agrônomo pode alterar as condições de aplicação, desde que não ultrapasse a dose máxima e o número máximo de aplicações determinadas na bula.

EQUIPAMENTO DE APLICAÇÃO

Produto aplicado diretamente da embalagem sem necessidade de equipamento.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Não estabelecido para o controle de formigas.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS ÁREAS TRATADAS

Não há necessidade de observância de intervalo de reentrada, desde que as pessoas estejam calçadas ao entrarem na área tratada.

LIMITAÇÕES DE USO

Não aplicar o produto em dias chuvosos ou com prenúncio de chuvas e em áreas dedicadas a pastagens.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Incluir outros métodos de controle de insetos (Ex. Controle cultural, biológico, etc) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponível.

Qualquer agente de controle de insetos pode ficar menos efetivo ao longo do tempo se o inseto alvo desenvolver algum mecanismo de resistência. Implementando as seguintes estratégias de manejo de resistência a inseticidas (MRI) pode-se prolongar a vida útil dos inseticidas.
- Qualquer produto para controle de insetos da mesma classe ou modo de ação, não deve ser utilizado em gerações consecutivas da praga.
- Utilizar somente as dosagens recomendadas no rótulo/bula.
- Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para direcionamento sobre as recomendações locais para o MRI.

Corrosivo ao ferro.