Bula Ingrain

CI
Ácido Abscísico
7221
Sumitomo

Composição

Ácido Abscísico 100 g/L

Classificação

Terrestre/Aérea
Regulador de crescimento
Não Classificado
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Concentrado Solúvel (SL)
Regulador de crescimento

Tipo: Frasco
Material: Plástico
Capacidade: 0,25 - 2 L

Tipo: Tambor
Material: Plástico
Capacidade: 50 - 200 L

Tipo: Tambor
Material: Metálico
Capacidade: 50 - 200 L

Tipo: Bombona
Material: Plástico
Capacidade: 5 - 20 L.

INSTRUÇÕES DE USO

O produto é um regulador de crescimento de plantas composto de ácido abscísico (s-ABA), de ocorrência natural nas plantas. É recomendado para a redução da porcentagem de grãos chochos, aumento da massa de mil grãos e aumento da produtividade na cultura do arroz.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

Devem ser realizadas uma ou duas aplicações, no início de enchimento de grãos, também conhecido como grãos leitosos, estágio R5 ou BBCH 75. Quando realizar uma única aplicação utilizar as doses de 60 a 80 mL p.c./ha. No caso de duas aplicações, utilizar a dose de 60 mL p.c./ha. Adicionar surfactante não-iônico siliconado na calda seguindo recomendações de doses do fabricante.

MODO DE APLICAÇÃO

INGRAIN pode ser aplicado com aeronave agrícola, pulverizador tratorizado de barra ou costal manual.

Aplicação terrestre

Em caso de aplicação tratorizada ou costal manual, utilizar bicos espaçados a 0,5 m de jato leque tipo Teejet 110.02 ou outro, de modo que produzam gotas de diâmetro médio volumétrico entre 350 e 400 micras. O volume recomendado de calda a ser aplicado, depende do equipamento a ser utilizado, é de 150 a 200 L/ha. É importante que se consiga uma cobertura uniforme em toda a parte aérea das plantas. O sistema de agitação do produto no interior do tanque deve ser mantido em funcionamento durante toda a aplicação. Aplicar nos horários mais frescos do dia, evitando ventos acima de 10 km/hora, temperaturas superiores a 30ºC e umidade relativa do ar inferior a 60%, visando diminuir as perdas por deriva e evaporação.

Aplicação aérea

Em caso de aplicação aérea, a aeronave agrícola deve ser equipada com barra de bicos cônicos, leque ou micronair, altura de voo de 2 a 4 metros, pressão de 30 a 60 lbs/pol², volume de calda de 20 a 50 L/ha, velocidade do vento menor que 8 km/hora e UR do ar maior que 70%.

Regulagem de Equipamentos de Aplicação Aérea

Barra: Bicos = D6, D8, D10; Flat fan nozzles-8002 e 8006
Pressão = 30 a 60 psi
Volume de calda = 20 a 50 L/ha
Altura de voo = 2 a 4 metros
Faixa de deposição = aproximadamente 20 metros
Tamanho das gotas = 100 a 200 micras

Micronair

Ângulo da pá RPM: 35º
Faixa: 7600 12 a 20 m
Tamanho da gota: 100 micras

Ângulo da pá RPM: 45º
Faixa: 5500 12 a 20 m
Tamanho da gota: 125 micras

Ângulo da pá RPM: 55º
Faixa: 3500 12 a 20 m
Tamanho da gota: 175 micras

Condições Climáticas

Devem ser respeitadas as condições de velocidade do vento de 3 a 15 km/h, temperatura inferior a 30°C e umidade relativa superior a 55%, visando reduzir ao máximo as perdas por deriva e evaporação. Não realizar aplicações em condições de inversão térmica e de correntes ascendentes. Não aplicar se houver rajadas de vento ou em condições sem vento.

CUIDADOS NA LIMPEZA DO PULVERIZADOR

Antes de aplicar, verifique se todo o equipamento de aplicação está limpo e bem cuidado. O tanque de pulverização, bem como as mangueiras, filtros e bicos devem ser limpos para garantir que nenhum resíduo de produto de pulverização anterior permaneça no pulverizador. Antes de aplicar, o pulverizador deve ser limpo de acordo com as instruções do fabricante do último produto utilizado.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Não entre na área em que o produto foi aplicado antes da secagem completa da calda (no mínimo 4 horas após a aplicação). Caso necessite entrar na área tratada, antes desse período, utilize os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados para a aplicação do produto.

LIMITAÇÕES DE USO

O produto não é fitotóxico se seguidas as recomendações de doses, épocas de aplicação, volume de calda e uso de espalhantes.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Não se aplica por se tratar de um regulador de crescimento vegetal.

Não se aplica por se tratar de um regulador de crescimento vegetal.




Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.