Bula Iscalure Cydia

acessos
Codlelure
6600
Isca Tecnologias

Composição

Codlelure (codlemônio) 1.4 g/kg Álcool insaturado/Acetato insaturado

Classificação

Feromônio
IV - Pouco tóxico
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Gerador de Gás (GE)
Feromônio
Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Traça das frutas
(Cydia pomonella)
1 armadilha a cada 7 a 10 ha - - Trocar os atrativos a cada 30 dias, substituindo a isca antiga por uma nova. Tendo em vista o tipo de produto (feromônio) e a modalidade de aplicação não é necessário se estabelecer intervalo de segurança. Inicie o monitoramento no final do inverno, durante o mês de setembro

Embalagens: 20, 50, 100, 250, 500, 1.000, 5.000, 10.000, 50.000, 100.000, 250.000 ou 500.000 unidades evaporadoras.

INSTRUÇÕES DE USO: O produto é recomendado para monitoramento da Cydia pomonella (carpocapsa) nas culturas de maçã, pêra, marmelo e nozes.

DOSES DE APLICAÇÃO: Aplique 1 unidade de ISCALURECYDIA para cada 7 a 10 hectares, siga a recomendação de técnico habilitado para ajustar a densidade indicada de ISCALURECYDIA de acordo com a densidade populacional da praga.

MODO DE APLICAÇÃO: Monte a armadilha delta conforme desenhos ilustrativos. Pendure a armadilha na alça de arame. Coloque o fundo colante no interior da armadilha delta, conforme desenho ilustrativo. Com luvas descartáveis de látex retire o evaporador ISCALURECYDIA de dentro dos envelopes barreira plástico aluminizado, cuidando para não tocar na armadilha com a mesma luva que tocou o evaporador, evitando contaminação externa das armadilhas. Largue o evaporador na parte interna da armadilha com cola tato permanente. A cola fixará o evaporador. Feche as abas de proteção na frente e no fundo da armadilha. Pendure as armadilhas Delta padrão no terço superior das copas das árvores, numa altura de aproximadamente 1,8 metros, dê duas voltas na alça de arame para melhor fixação. Aplique 1 unidade de ISCALURECYDIA para cada 7 a 10 hectares, siga a recomendação de técnico habilitado para ajustar a densidade indicada das ISCALURECydia de acordo com a densidade populacional da praça. Adicione um novo evaporador ISCALURECYDIA a cada 30 dias, substituindo a isca antiga por uma nova. Troque o fundo colante da armadilha Delta Padrão sempre que for observada redução da adesividade da superfície colante.

INÍCIO, NÚMERO, ÉPOCAS OU INTERVALOS DE APLICAÇÕES: Inicie o monitoramento no final do inverno, durante o mês de setembro. Adicione um novo evaporador ISCALURECYDIA a cada 30 dias, substituindo a isca antiga por uma nova.

INTERVALOS DE SEGURANÇA: Tendo em vista o tipo de produto (feromônio) e a modalidade de aplicação não é necessário se estabelecer intervalo de segurança.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS: Tendo em vista o tipo de produto (feromônio) e a modalidade de aplicação não é necessário se estabelecer intervalo de reentrada de pessoas nas áreas tratadas.

LIMITAÇÕES DE USO: Uso exclusivamente agrícola. Não aplicar em dias chuvosos.

INFORMAÇÕES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO: O produto deve ser aplicado através das armadilhas Delta padrão.

PRECAUÇÕES GERAIS: Leia e siga as instruções deste rótulo e da bula. Durante a manipulação, preparação do produto e aplicação, use macacão com mangas compridas, avental impermeável, chapéu impermeável de abas largas, botas, óculos protetores, máscaras protetoras especiais providas de filtros adequados ao produto. Mantenha o produto afastado de crianças e animais domésticos. Não coma, não beba e não fume durante o manuseio ou aplicação do produto. Mantenha o produto afastado de alimentos ou ração animal. Produto de baixo risco toxicológico. Uso exclusivamente agrícola.

PRECAUÇÕES DURANTE A APLICAÇÃO: Utilizar os equipamentos de segurança. Não aplique o produto na presença de ventos fortes ou nas horas mais quentes. Mantenha afastado das áreas de aplicação as crianças, animais e pessoas desprotegidas. Aplicar sempre as doses recomendadas.

PRECAUÇÕES APÓS APLICAÇÃO: Após a aplicação do produto remova os equipamentos de proteção, tome banho e lave as roupas. Mantenha o restante dos produtos adequadamente fechados e armazenados.

PRIMEIROS SOCORROS: Em caso de ingestão não provoque vômitos, procure o médico, levando a embalagem, o rótulo, a bula ou a receita agronômica do produto. Em caso de contato com os olhos, lave com água em ablJ1dância e procure o médico levando a embalagem, o rótulo, a bula ou a receita agronômica do produto. Em caso de contato com a pele lave com água e sabão em abundância e, se houver irritação, procure o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou a receita agronômica do produto. Em caso de inalação procure local arejado e vá ao médico, levando a embalagem, o rótulo, bula ou a receita do produto. Procure imediatamente assistência médica em qualquer caso de suspeita de intoxicação. Sempre que for ao médico devido ao manuseio ou aplicação de um agrotóxico deve levar uma embalagem com rótulo e bula legível.

MECANISMOS DE AÇÃO, ABSORÇÃO E EXCREÇÃO PARA O SER HUMANO: ISCALURECYDIA é um evaporador a base do feromônio CODLEMONE que é liberado em baixíssimas concentrações de maneira a atrair as mariposas fêmeas, sendo totalmente seletivo. Não apresenta toxicidade humana. Não é absorvido pelas vias oral, dermal ou inalatória. Efeitos agudos e crônicos: Não é absorvido por seres humanos e, portanto não apresenta efeitos tóxicos. Efeitos colaterais: Não apresenta.

PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE: Este é um produto de BAIXO RISCO ambiental. Utilize somente na dose recomendada. Descarte corretamente as embalagens -siga as instruções da bula. Em caso de acidente, siga corretamente as instruções constantes na bula.

INSTRUÇÕES DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO, VISANDO SUA CONSERVAÇÃO E PREVENÇÃO CONTRA ACIDENTES: Mantenha o produto em sua embalagem original, em local seguro e isolado de alimento e bebidas. Observe as disposições constantes da legislação estadual e municipal.

INSTRUÇÕES EM CASO DE ACIDENTES: Contate as autoridades locais competentes e a Empresa.

DESTINAÇÃO ADEQUADA DE RESÍDUOS E EMBALAGENS: Não reutilize embalagens vazias. Observar legislação estadual e municipal específica. Fica proibido enterrar embalagens. Consulte o 6rgão Estadual de Meio Ambiente. Para desativação de restos de produto contate a Empresa e o órgão Estadual de Meio Ambiente. O método mais eficiente de desativação do produto é a incineração a temperaturas superiores a 130°C durante 3 minutos. Os gases serão monitorados através de sistema de mostradores ópticos eletrônicos "on lile".

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes programas sejam implementados.

O inseto-praga não desenvolve resistência ao feromônio.