Bula Lasitrap

acessos
Serricornin
198
Tecnocell

Composição

Serricornin 240 g/kg Cetona alifática

Classificação

Feromônio
IV - Pouco tóxico
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Fumigante em Pastilhas, Comprimidos e Sachês (FF)
Feromônio
Fumo Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Caruncho do fumo
(Lasioderma serricorne)
1 armadilha / 100m² - - - Sem restrições. Coloca-se a pastilha no interior da armadilha junto ao depósito, numa área livre. Retira-se o papel que cobre a cola. Colocam-se as 2 pastilhas com 5 cm de distância uma da outra, no centro sobre a superfície colante

Conteúdo: 10 envelopes com 20 pastilhas (36 gramas).

LASITRAP é um feromônio em pastilha indicado para o controle de Lasioderma serricorne em fumo armazenado.


NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO / MODO DE APLICAÇÃO:
Coloca-se a pastilha no interior da armadilha junto ao depósito, numa área livre.
Retira-se o papel que cobre a cola. Colocam-se as 2 pastilhas com 5 cm de distância uma da outra, no centro sobre a superfície colante.

INTERVALO DE SEGURANÇA:
Sem restrições devido à modalidade de uso e por tratar-se de cultura não alimentar.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS:
(De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS)

LIMITAÇÕES DE USO:
Não há devido à modalidade de uso.

DADOS RELATIVOS À PROTEÇÃO DA SAÚDE HUMANA:

PRECAUÇÕES GERAIS:
Uso exclusivamente agrícola.
Leia e siga as instruções do rótulo e da bula.
Mantenha o produto afastado de crianças e animais domésticos.
Não coma, não beba e não fume durante o manuseio ou aplicação do produto. Não transporte junto com alimentos, rações, animais e pessoas.
Mantenha o produto afastado de alimentos ou ração animal.
Produto de baixo risco toxicológico.

PRECAUÇÕES DURANTE MANUSEIO E APLICAÇÃO:
Evite o máximo possível, o contato com a área de aplicação.
Mantenha afastado das áreas de aplicação, crianças, animais domésticos e pessoas desprotegidas. Aplicar sempre as doses recomendadas.
Durante o manuseio e aplicação do produto, use luvas e máscara descartável, cobrindo nariz e a boca.

PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO:
Não reutilize a embalagem vazia.
Mantenha o restante do produto adequadamente fechado, em local trancado, longe do alcance de crianças e animais.
Após o manuseio e aplicação do produto, remova os equipamentos de proteção, tome banho e lave as roupas.

PRIMEIROS SOCORROS: procure logo um serviço médico de emergência levando a embalagem, rótulo, bula e receituário agronômico do produto.
Ingestão: não provoque vômito.
Olhos: lave com água em abundância durante 15 minutos. Pele: lave com água e sabão em abundância.
Inalação: procure local arejado.
Se o acidentado parar de respirar, aplique imediatamente respiração artificial. Transporte-o imediatamente para assistência médica mais próxima.

TRATAMENTO MÉDICO DE EMERGÊNCIA E ANTÍDOTO:
Tratamento sintomático. Não há antídoto específico.

MECANISMOS DE AÇÃO, ABSORÇÃO E EXCREÇÃO PARA O SER HUMANO:
O produto é excretado pela urina e fezes.

EFEITOS AGUDOS E CRÔNICOS
Ainda não existem estudos sobre efeitos crônicos deste produto com animais ou efeitos relatados em seres humanos.
O produto possui uma DL50 oral para ratos machos de 2060 mg/Kg e fêmeas de 1580 mg/Kg.

Atenção: as Intoxicações por Agrotóxicos estão incluídas entre as Enfermidades de Notificação Compulsória. Comunique o caso e obtenha informações especializadas sobre o diagnóstico e
tratamento através dos TELEFONES DE EMERGÊNCIA PARA INFORMAÇÕES MÉDICAS: Disque Intoxicação: 0800 580 1000
Centro de Informações Toxicológicas: 0800-170450
Telefone centro de informações toxicológicas: CIT/RS (51) 0800-780.200 Empresa: (11) 4186-1433

DADOS RELATIVOS À PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE:

1. PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTEÇÃO A MEIO AMBIENTE:
-Este é um produto de BAIXO RISCO ambiental. Utilize somente na forma recomendada.

2. INSTRUÇÕES DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO, VISANDO SUA CONSERVAÇÃO E PREVENÇÃO CONTRA ACIDENTES:
-Mantenha o produto em sua embalagem original em local seguro e isolado de alimentos e bebidas. - Observe as disposições constantes da legislação estadual e municipal.

3 - INSTRUÇÕES EM CASO DE ACIDENTES:
- Contate as autoridades locais competentes e a Empresa TECNOCELL AGROFLORESTAL LTDA -telefone de Emergência: (11) 4186-1433.

4 - PROCEDIMENTOS DE LAVAGEM, ARMAZENAMENTO, DEVOLUÇÃO, TRANSPORTE E
DESTINAÇÃO DE EMBALAGENS VAZIAS E RESTOS DE PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO:
- PARA EMBALAGEM FLEXÍVEL
- ESTA EMBALAGEM NÃO PODE SER LAVADA
- ARMAZENAMENTO DA EMBALAGEM VAZIA
O armazenamento da embalagem vazia, até sua devolução pelo usuário, deve ser efetuado em local
coberto, ventilado, ao abrigo de chuva e com piso impermeável, no próprio local onde guardadas as embalagens cheias.
Use luvas no manuseio dessa embalagem.
Essa embalagem vazia deve ser armazenada separadamente das lavadas, em saco plástico
transparente (Embalagens Padronizadas — modelo ABNT), devidamente identificada e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição.

- DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA
No prazo de até um ano da data da compra, é obrigatória a devolução da embalagem vazia, pelo
usuário, ao estabelecimento onde foi adquirido o produto ou no local indicado na nota fiscal, emitida no ato da compra.
Caso o produto não tenha sido totalmente utilizado nesse prazo, e ainda esteja dentro de seu prazo
de validade, será facultada a devolução da embalagem em até 6 meses após o término do prazo de validade.
O usuário deve guardar o comprovante de devolução para efeito de fiscalização, pelo prazo mínimo de um ano após a devolução da embalagem vazia.

- TRANSPORTE
As embalagens vazias não podem ser transportadas junto com alimentos, bebidas, medicamentos, rações, animais e pessoas. Devem ser transportadas em saco plástico transparente (Embalagens
Padronizadas — modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição.

- DESTINAÇÃO FINAL DAS EMBALAGENS VAZIAS
A destinação final das embalagens vazias, após a devolução pelos usuários, somente poderá ser
realizada pela Empresa Registrante ou por empresas legalmente autorizadas pelos órgãos competentes.

- É PROIBIDO AO USUÁRIO A REUTILIZAÇÃO E A RECICLAGEM DESTA EMBALAGEM VAZIA OU O FRACIONAMENTO E REEMBALAGEM DESTE PRODUTO.

- EFEITOS SOBRE O MEIO AMBIENTE DECORRENTES DA DESTINAÇÃO INADEQUADA DA EMBALAGEM VAZIA E RESTOS DE PRODUTOS
A destinação inadequada das embalagens vazias, e restos de produtos no meio ambiente causa contaminação do solo, da água e do ar, prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas.

- PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO
Caso este produto venha a se tornar impróprio para utilização ou em desuso, consulte o registrante através do telefone indicado no rótulo para sua devolução e destinação final. A desativação do produto é feita através de Incineração em fornos destinados para este tipo de operação e aprovados por órgão ambiental responsável, equipados com câmaras de lavagem de gases e efluentes.

- TRANSPORTE DE AGROTÓXICOS, COMPONENTES E AFINS:
O transporte está sujeito às regras e aos procedimentos estabelecidos na legislação específica, que inclui o acompanhamento da ficha de emergência do produto, bem como determina que os
agrotóxicos não podem ser transportados junto de pessoas, animais, rações, medicamentos ou outros materiais.

- RESTRIÇÕES ESTABELECIDAS POR ÓRGÃO COMPETENTE DO ESTADO, DISTRITO FEDERAL OU MUNICIPAL:
De acordo com as recomendações aprovadas pelos Órgãos Responsáveis.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes sejam implementados.

Informação inexistente na bula.