Bula Retain - Sumitomo

Bula Retain

CI
Cloridrato de aviglicina
3902
Sumitomo

Composição

Cloridrato de aviglicina 150 g/kg

Classificação

Terrestre
Regulador de crescimento
Não Classificado
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Pó solúvel (SP)
Contato

Caixa de papelão, contendo 10 sacos hidrossolúveis de 830 g.
Saco de poliester com polietileno contendo internamente um pacote hidrossolúvel com 830 g.

INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO

ReTain® é um regulador de maturação vegetal indicado para as Macieiras, cultivares Gala e Fuji, por promover:
- Retardamento da maturação da fruta;
- Menor queda de frutos;
- Maior firmeza e melhoria nas qualidades dos frutos;
- Aumento do peso médio dos frutos.

INÍCIO, NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

ReTain® é recomendado em aplicação única, durante a estação de crescimento, 4 semanas antes da data prevista para a colheita.

DOSE RECOMENDADA

830 gramas de ReTain® por hectare (125g ingrediente ativo por hectare) 0,05% do espalhante adesivo silicone não iônico.

MODO DE APLICAÇÃO

A aplicação é feita com o pulverizador tratorizado TURBO ATOMIZADOR, com pressão de 200 a 250 lb/pol², utilizar bicos J.52, sendo o número 5 referente à abertura da pastilha e o número 2 referente ao furo do difusor. Utilizar vazão de 1000 litros/ha e uma velocidade de 5 a 6 km/h.

INTERVALO DE SEGURANÇA

28 dias

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

O intervalo de reentrada é de 24 horas. Mantenha afastados da área de aplicação crianças, animais domésticos e pessoas desprotegidas. Caso necessite entrar na área tratada antes de 24 horas ou se as partes tratadas estiverem úmidas, use avental impermeável, luvas e botas de borracha e óculos protetores.

LIMITAÇÕES DE USO

O produto não é fitotóxico quando aplicado nas doses recomendadas e na época correta do tratamento.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes programas sejam implementados.

Não existem registro sobre a formação de resistência a inibidores da emissão de etileno.