Bula Riper - Iharabras
CME MILHO (SET/20) US$ 3,084 (-25,69%)
| Dólar (compra) R$ 5,28 (-0,55%)

Bula Riper

Bispiribaque-sódico
4112
Iharabras

Composição

Bispiribaque-sódico 400 g/L

Classificação

Terrestre
Regulador de crescimento, Maturador
5 - Produto Improvável de Causar Dano Agudo
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Suspensão Concentrada (SC)
Regulador de crescimento, Maturador

Cana-de-açúcar

Calda Terrestre Dosagem
Maturador (Maturador)

Conteúdo: 0,15; 0,25; 0,3; 0,5; 0,6; 1; 1,5; 1,8; 2; 5; 6; 10; 20 e 50 litros.

MODO DE AÇÃO NA CULTURA

O “RIPER” é um regulador de crescimento absorvido sistemicamente pela parte aérea da planta de cana-de-açúcar, atua no crescimento inibindo a divisão celular. Com a inibição do crescimento através da gema apical da planta, há uma redução do entrenó, e consequentemente o acúmulo desejável de sacarose no colmo ao invés de emissão de novas folhas.

MODO DE APLICAÇÃO

Em pulverização foliar, utilizando-se de um volume de calda suficiente para obter sempre uma boa cobertura de toda a parte aérea. Evitar a sobreposição de faixas de aplicação.
Este produto pode ser aplicado por via terrestre, através de equipamentos pulverizadores costais (manuais ou motorizados), tratorizados e por via aérea, conforme recomendação para cada cultura. Utilize sempre tecnologias de aplicação que ofereçam boa cobertura das plantas.
As recomendações para aplicação poderão ser alteradas à critério do Engenheiro Agrônomo responsável, respeitando sempre a legislação vigente na região da aplicação, a especificação do fabricante do equipamento e tecnologia de aplicação empregada.

PREPARO DA CALDA

Fazer a pré-mistura em tanque ou tambor adicionando a dose recomendada do “RIPER” na água e misturar até obter uma calda homogênea, e sobre esta calda adicionar o Iharol na dose de 50 mL/ 100 L de água. Adicionar a água no tanque da aeronave, em torno de ¾ do volume total e sobre esta água adicionar a pré-mistura, ligar o agitador e finalmente completar com a água o volume total do tanque.

FORMAS DE APLICAÇÃO

- Via terrestre: Pode ser aplicado com equipamento manual ou motorizado, costal, estacionário ou pistola. Com o pulverizador tratorizado de barra, utilizar bicos jato cônico vazio da série JA ou D utilizando nesta série o difusor 23 ou 25 de acordo com as variações da umidade relativa do ar nas áreas de aplicação, de forma a se obter um diâmetro de gotas de 110 a 140 µm e uma densidade de 50 a 70 gotas/cm², sobre o local onde o alvo biológico se situa. A pressão de trabalho para os bicos recomendados deverá ser de 80 a 120 libras. Utilizar turbo atomizador com as informações acima citadas, e procurar através de volume de calda e tamanho de gotas obter uma aplicação com cobertura uniforme da toda a parte aérea da planta.
- Via aérea: uso de barra ou atomizador rotativo Micronair AU 3.000/5000
- Volume de aplicação: com barra: 20 - 30 L/ha. - com Micronair: máximo 18 L/Micronair/minuto.
- Altura do voo: com barra ou Micronair: 4 -5 m em relação ao topo das plantas.
- Largura da faixa de deposição efetiva: 20 m, para aviões do tipo IPANEMA, aviões de maior porte, consultar o Departamento Técnico da Iharabras.
- Tamanho/densidade de gotas: 110 - 140 micrômetros com mínimo de 40 gotas/cm².
- No caso de barra, usar bicos cônicos da série D com disco (core) 45°. Manter a angulação das barras entre 90º (para a umidade do ar acima de 80%), ajustando-a durante a aplicação de acordo com a variação da umidade relativa do ar, até a angulação máxima de 180º em relação à direção do voo do avião.
- Condições Climáticas: o diâmetro de gotas deve ser ajustado de acordo com as variações da umidade relativa do ar durante toda a aplicação, de modo que se obtenha a densidade e deposição das gotas, obedecendo ventos de até 2 a 10 km/h, temperatura inferior a 32 °C e umidade relativa acima de 55%, visando reduzir, ao mínimo, perdas por deriva ou evaporação.
O sistema de agitação do produto no interior do tanque deve ser mantido em funcionamento durante toda a aplicação.
OBS.: Seguir sempre as recomendações de ajuste do avião sob orientação de um Engenheiro Agrônomo Coordenador em Aviação Agrícola, credenciado através de cursos especializados registrados pelo Ministério da Agricultura.

LIMPEZA DOS EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO

Antes e após a aplicação do “RIPER” deve-se limpar o tanque e as barras do pulverizador com um produto específico para limpeza de equipamentos desta natureza.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Cana-de-açúcar: 14 dias.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

A reentrada de pessoas nas culturas poderá ocorrer após a completa secagem da calda aplicada (cerca de 24 horas após a aplicação). Caso necessite entrar na área tratada com o produto antes do término do intervalo de reentrada, utilize os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados para o uso durante a aplicação.

LIMITAÇÕES DE USO

Fitotoxicidade: Não há, quando empregado nas dosagens recomendadas.
Restrições de uso: Não há, desde que siga corretamente as instruções de uso.

OBS.: Seguir estas condições de aplicação, caso contrário, consultar sempre um Engenheiro Agrônomo.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Não se aplica. Trata-se de regulador de crescimento.

Não se aplica. Trata-se de regulador de crescimento.




Contato com o Agrolink