Bula Stam 800 WG - UPL
CME MILHO (SET/20) US$ 3,076 (-1,22%)
| Dólar (compra) R$ 5,41 (1,29%)

Bula Stam 800 WG

Propanil
3798
UPL

Composição

Propanil 800 g/kg

Classificação

Terrestre/Aérea
Herbicida
4 - Produto Pouco Tóxico
II - Produto muito perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Granulado Dispersível (WG)
Seletivo, Contato

Frasco plástico de 1 L. Bombona plástica de 5, 10, 20, 50 e 100 L.

INTRUÇÕES DE USO

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

STAM 800 WG deve ser aplicado quando as plantas tiverem germinado e crescido normalmente alcançando o estágio de 2 a 3 folhas. Esta fase ocorre geralmente entre 15 e 20 dias após a germinação do arroz. Em condições de seca recomenda-se uma segunda aplicação quando houver reincidência das plantas infestantes.

MODO DE APLICAÇÃO

STAM 800 WG é um herbicida de contato para uso no controle de plantas infestantes em pós-emergência na cultura do arroz. STAM 800 WG é seletivo e atua somente sobre as partes verdes das plantas com as quais entra em contato.
STAM 800 WG é indicado para aplicações terrestres e aplicações aéreas, podendo ser aplicado por aviões agrícolas, helicópteros e pulverizadores costais. Para se obter um ótimo controle, é necessário uma cobertura completa e uniforme das plantas.

APLICAÇÃO TERRESTRE

Pulverizadores tratorizados e/ou costais equipados com bicos cônicos da série D (D3, D4), com cone (espiral) 23, 25 ou 45, ou leques da série 80.02, 80.03, 80.04, 110.02, 110.03 ou 110.04.Devem ser utilizados volumes de 400-600 litros de calda por hectare e pressão de 30-40 libras por polegada quadrada. A velocidade do trator deve ser de 6 a 8 km/hora. Não aplicar o produto na presença de ventos superiores a 6 km/hora.

APLICAÇÃO AÉREA

Aviões agrícolas equipados com barra ou helicópteros poderão ser utilizados na aplicação de STAM 800 GD. A altura de vôo não deve ser maior que 2 metros e a largura da faixa deve ser pré-determinada para cada tipo de avião, podendo variar de 12 a 16 metros. Para assegurar uma aplicação uniforme é importante colocar bandeirinhas para demarcar a largura da faixa e orientar o vôo. O equipamento de aplicação aérea deverá estar calibrado para uma vazão de 30-50 litros de calda por hectare. Utilizar 46 a 56 bicos na barra, do tipo D8, D10 ou D12. O tamanho das gotas está compreendido entre 100 e 150 micras.

NOTAS

Para aplicações terrestres e aéreas deve-se observar um mínimo de umidade relativa de 55% e temperatura máxima de 27oC. A critério do Engenheiro Agrônomo ou do Técnico responsável, as condições de aplicação poderão ser alteradas.

Preparo do solo

Para se eliminar o maior número de plantas infestantes com uma só aplicação de STAM 800 WG, é necessário que ocorra uma germinação uniforme do arroz e das plantas. Isto é conseguido com um bom preparo do solo. Arroz irrigado: Retirar totalmente a água da lavoura antes das aplicações de STAM 800 WG. Para evitar a germinação de uma segunda camada de plantas infestantes, efetuar a inundação dos campos de arroz 2 a 3 dias após a aplicação e manejar a água de acordo com a necessidade da cultura.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Arroz: 80 dias.

LIMITAÇÕES DE USO

FITOTOXICIDADE

Ausente quando utilizado conforme as recomendações. Sob certas condições, ligeiro amarelecimento pode ocorrer nas folhas do arroz, mas um completo reestabelecimento é esperado dentro de 7 a 10 dias.

Incompatibilidade

- STAM 800 WG não deve ser aplicado junto com inseticidas organofosforados, carbamatos e fertilizantes foliares. A aplicação de inseticidas organofosforados deve ser feita 15 dias antes ou depois da aplicação do STAM 800 WG.
- Para os carbamatos, observar um intervalo de 40 dias.Outras restrições: As culturas de soja, algodão, milho, hortaliças e plantas ornamentais são altamente sensíveis ao STAM 800 WG. Não aplicar STAM 800 WG quando a velocidade do vento for tão alta que possa causar falhas na cobertura das plantas ou deriva para outras culturas.Chuvas no período de 3-6 horas após a aplicação podem reduzir a efetividade de STAM 800 WG.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana- ANVISA/MS

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes sejam implementados.

O uso continuado de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação pode contribuir para o aumento de população de plantas infestantes resistentes a esse mecanismo de ação. Como prática de manejo de resistência em plantas infestantes deverão ser aplicados herbicidas, com diferentes mecanismos de ação. Os herbicidas deverão estar registrados para cultura. Não havendo produtos alternativos recomenda-se a rotação de culturas que possibilite o uso de herbicidas com diferentes mecanismos de ação. Para maiores esclarecimentos consulte um Engenheiro Agrônomo.