Bula Topgan WG

acessos
Imazaquim
9999
Adama

Composição

Imazaquim (Sal de amônio) 700 g/kg Imidazolinonas

Classificação

Herbicida
III - Medianamente tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Corrosivo
Granulado Dispersível (WG)
Seletivo, Pré-emergência
Soja Convencional Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Carrapicho rasteiro
(Acanthospermum australe)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em pré-plantio incorporado ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio
Picão preto
(Bidens pilosa)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em pré-plantio incorporado ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio
Soja S.P.D. Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Apaga fogo
(Alternanthera tenella)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Caruru de espinho
(Amaranthus spinosus)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Cheirosa
(Hyptis suaveolens)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Corda de viola
(Ipomoea acuminata)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Corda de viola
(Ipomoea purpurea)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Erva de touro
(Tridax procumbens)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Joá bravo
(Solanum sisymbriifolium)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado
Nabiça
(Raphanus raphanistrum)
200 g p.c./ha 100 a 400 L de calda/ha 40 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Pode ser aplicado em sistema de aplique e plante ou pré-emergência da cultura da soja, em solo médio e pesado

Embalagens: 200 e 500 g; 1, 2, 5, 10, 20 e 100 kg.

MODO DE APLICAÇÃO:TOPGAN WG é versátil quanto a sua forma de aplicação, podendo ser aplicado em PPI (Pré-plantio e incorporado), AP (Aplique-plante) ou em PRE (Pré-emergência), de acordo com as plantas infestantes recomendadas.
Independentemente da forma de aplicação do TOPGAN WG, as espécies infestantes sensíveis, poderão ter sua emergência inibida e aquelas que germinarem morrerão posteriormente no prazo de 7 a 14 dias.
As aplicações em Pré-plantio e Incorporado (PPI) poderão ser realizadas com o solo seco ou com baixa umidade, desde que permita uma boa incorporação do produto e ausência da formação de torrões.
A incorporação deverá ser realizada com uma grade niveladora a uma profundidade de 5 a 8 cm em velocidade adequada a permitir melhor incorporação possível.
Para as aplicações em Aplique-plante (AP) e Pré-emergência (PRÉ), aplicar o mais próximo possível após a última gradagem, devendo o solo possuir umidade suficiente para a chegada do produto até a região das sementes. Chuvas moderadas após a aplicação propicia a obtenção de melhores resultados, devido promover com maior rapidez a chegada do produto até a região em que se encontram as sementes.
Melhores resultados serão obtidos quando ocorrer bom preparo do solo, ausência de torrões e restos de culturas, sendo esta última, não caracterizada como cobertura morta oriunda de culturas de inverno.
EQUIPAMENTO DE APLICAÇÃO:
APLICAÇÃO TERRESTRE:O TOPGAN WG pode ser aplicado com pulverizadores costais manuais, costais pressurizados e tratorizados convencionais em aplicações terrestres.
O TOPGAN WG pode ser aplicado com bicos de jato plano leque das séries 8001 a 8004; 11001 a 11004, espaçado de 50cm um do outro, em pressões de 20 a 40 lib/pol2 em volumes de calda de 100 a 400 L/ha, observando a formação de uma boa cobertura, obtendo-se no mínimo de 20 a 40gotas/cm2, aplicado em adequação com os requisitos dos equipamentos observando as condições do meio ambiente, evitando-se deriva.

APLICAÇÃO AÉREA:O TOPGAN WG pode ser aplicado por via aérea com volume de calda de 40 L/ha utilizando bico D-8 ou equivalente com core 46. A altura de vôo deve ser entre 2 a 3 metros do solo. A faixa de aplicação deve ter em torno de 12 a 15 metros e ângulo do bico de 90º em relação à direção de vôo, de acordo com o tipo de aeronave.
PREPARO DA CALDA:
O TOPGAN WG deve ser adicionado ao pulverizador quando este estiver com ¾ de sua capacidade com água limpa. Ao adicionar a quantidade recomendada do produto, manter a calda em constante agitação. Após a adição do produto, completar o volume do tanque com água, dando continuidade à agitação.
O saquinho interno HIDROSSOLÚVEL deverá ser colocado diretamente no tanque do pulverizador, o qual juntamente com o produto será dissolvido, fazendo parte da calda para aplicação.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Recomenda-se, de maneira geral, o manejo integrado de pragas (MIP), envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle, como o controle cultural, controle biológico (predadores e parasitoides), controle microbiano, controle por comportamento, variedades resistentes e controle químico, sempre alternando produtos de diferentes grupos químicos, com mecanismos de ação distintos.
Recomenda-se, de modo geral, o manejo integrado de doenças, envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle. O uso de sementes sadias, variedades resistentes, rotação de culturas, época adequada de semeadura, adubação equilibrada, controle biológico, manejo da irrigação e outros, visam o melhor equilíbrio do sistema.

O uso continuado de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação pode contribuir para o aumento de população de plantas infestantes a ele resistentes.
Como prática de manejo e resistência de plantas infestantes deverão ser aplicadas herbicidas, com diferentes mecanismos de ação, devidamente registradas para a cultura. Não havendo produtos alternativos recomenda-se a rotação de culturas que possibilite o uso de herbicidas com diferentes mecanismos de ação. Para maiores esclarecimentos consulte um Engenheiro Agrônomo.