Bula Trigard 750 WP - Syngenta

Bula Trigard 750 WP

CI
Ciromazina
13289
Syngenta

Composição

Ciromazina 750 g/kg

Classificação

Terrestre
Inseticida
4 - Produto Pouco Tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Pó molhável (WP)
Ingestão, Sistêmico

Batata

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora)

Crisântemo

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora)

Feijão

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Feijão vagem

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora)

Melancia

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora)

Melão

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora)

Pepino

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora)

Plantas ornamentais

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora)

Tomate

Calda Terrestre Dosagem
Liriomyza huidobrensis (Larva minadora)

Cartucho de papel cartão contendo unidades de saco plástico com saco solúvel internamente: 15, 120 e 300 g; 1 e 1,2 kg. Saco plástico com saco solúvel interno: 15, 60, 100, 120 e 300 g. Saco plástico sem saco solúvel interno: 15, 60, 100, 120 e 300 g. Saco papel sem saco solúvel interno: 15, 60, 100, 120 e 300 g.

INSTRUÇÕES DE USO

TRIGARD 750 WP é um inseticida químico, fisiológico e sistêmico indicado especificamente para o controle da Mosca-minadora da folha nas culturas.

MODO DE APLICAÇÃO

TRIGARD 750 WP deve ser aplicado na forma de pulverização através de equipamentos costais (manuais ou motorizados), motorizados estacionários ou tratorizados com barra, equipados com bicos de jato cônico vazio de maneira a proporcionar uma cobertura uniforme das plantas. Recomenda-se utilizar de 100 a 1000 litros de calda/ha, conforme o tipo de cultura e estágio de desenvolvimento das plantas, principalmente das tutoradas. Nas culturas de melão e melancia, recomenda-se quando viável (áreas pequenas, ou fases iniciais da cultura) a pulverização em jato dirigido as plantas. Neste caso, utilizar a dose expressa em gramas de produto/100 litros de água, e os seguintes volumes de água necessários para uma boa cobertura das plantas: Até 45 dias do plantio: 100 a 400 litros/ha, após 45 dias: até 800 litros/ha. Para grandes áreas, quando a pulverização for feita em área total das culturas, recomenda-se a dose expressa em gramas de produto/ha, sendo que o volume de água recomendado é de 300 litros/ha, independentemente do estágio de desenvolvimento da cultura.

PREPARO DA CALDA

O TRIGARD 750 WP é acondicionado em saco hidrossolúvel, que é totalmente dissolvido em contato com a água, não havendo necessidade de abrir ou cortá-lo.
Proceder do seguinte modo:
- Encher 1/4 do tanque do pulverizador com água limpa. - Iniciar a agitação (mecânica ou manual).

- Retirar o saco hidrossolúvel da embalagem externa e colocá-lo diretamente no tanque sem abri-lo ou cortá-lo.
- Completar o volume de água no tanque mantendo a agitação constante.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Batata, melão, melancia: 7 dias
Crisântemo: Uso não alimentar
Feijão, feijão-vagem: 21 dias
Pepino: 3 dias
Tomate: 4 dias

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

A reentrada na lavoura após a aplicação do produto, só deverá ocorrer quando a calda aplicada estiver seca. Caso seja necessária a reentrada na lavoura antes desse período, é necessário utilizar aqueles mesmos equipamentos de proteção individual usados durante a aplicação do produto.

LIMITAÇÕES DE USO

Utilize este produto de acordo com as recomendações em rótulo e bula. Esta é uma ação importante para obter resíduos dentro dos limites permitidos no Brasil (referência: monografia da ANVISA). No caso de o produto ser utilizado em uma cultura de exportação, verifique, antes de usar, os níveis máximos de resíduos aceitos no país de destino para as culturas tratadas com este produto, uma vez que eles podem ser diferentes dos valores permitidos no Brasil ou não terem sido estabelecidos. Em caso de dúvida, consulte o seu exportador e/ou importador.
Respeite as leis federais, estaduais e o Código Florestal, em especial a delimitação de Área de Preservação Permanente, observando as distâncias mínimas por eles definidas. Nunca aplique este produto em distâncias inferiores a 30 metros de corpos d’água. E utilize-se sempre das Boas Práticas Agrícolas para a conservação do solo, entre elas a adoção de curva de nível em locais de declive e o plantio direto.
Fitotoxicidade para as culturas indicadas:
O produto não é fitotóxico para as culturas indicadas nas doses e condições recomendadas.
Entretanto, devido ao grande número de espécies e variedades de plantas ornamentais que podem vir a ser afetadas por pragas indicadas nesta bula, recomenda-se que o USUÁRIO aplique preliminarmente o produto em uma pequena área para verificar a ocorrência de eventual ação fitotóxica do produto, 7 dias antes de sua aplicação em maior escala.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes programas sejam implementados.

GRUPO 17 INSETICIDA

A resistência de pragas a agrotóxicos ou qualquer outro agente de controle pode tornar-se um problema econômico, ou seja, fracassos no controle da praga podem ser observados devido à resistência.
O inseticida TRIGARD® 750 WP pertence ao grupo 17 (Disruptores da Ecdise, Diptera) e o uso repetido deste inseticida ou de outro produto do mesmo grupo pode aumentar o risco de desenvolvimento de populações resistentes em algumas culturas.
Para manter a eficácia e longevidade do produto TRIGARD® 750 WP como uma ferramenta útil de manejo de pragas agrícolas, é necessário seguir as seguintes estratégias que podem prevenir, retardar ou reverter a evolução da resistência:
Adotar as práticas de manejo a inseticidas, tais como:
• Rotacionar produtos com mecanismo de ação distinto do Grupo 17. Sempre rotacionar com produtos de mecanismo de ação efetivos para a praga alvo.
• Usar TRIGARD® 750 WP ou outro produto do mesmo grupo químico somente dentro de um “intervalo de aplicação” (janelas) de cerca de 30 dias.
• Aplicações sucessivas de TRIGARD® 750 WP podem ser feitas desde que o período residual total do “intervalo de aplicações” não exceda o período de uma geração da praga-alvo.
• Seguir as recomendações da bula quanto ao número máximo de aplicações permitidas. No caso específico do TRIGARD® 750 WP, o período total de exposição (número de dias) a inseticidas do grupo químico das TRIAZINAMINA não deve exceder 50% do ciclo da cultura ou 50% do número total de aplicações recomendadas na bula.
• Respeitar o intervalo de aplicação para a reutilização do TRIGARD® 750 WP ou outros produtos do Grupo 17 quando for necessário.
• Sempre que possível, realizar as aplicações direcionadas às fases mais suscetíveis das pragas a serem controladas.
• Adotar outras táticas de controle, previstas no Manejo Integrado de Pragas (MIP) como rotação de culturas, controle biológico, controle por comportamento, etc., sempre que disponível e apropriado.
• Utilizar as recomendações e da modalidade de aplicação de acordo com a bula do produto.
• Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para direcionamento das principais estratégias regionais para o manejo de resistência e para a orientação técnica na aplicação de inseticidas.
• Informações sobre possíveis casos de resistência em insetos e ácaros devem ser encaminhados para o IRAC-BR (www.irac-br.org.br), ou para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (www.agricultura.gov.br).

Cyromazin Técnico registro Nº 013489; Ciromazin Técnico BR registro nº 02705, ATO Nº 30, de 09/06/2014; DOU de 12/06/2014