Bula Xavante - Bayer
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Bula Xavante

Fluopicolide
16608
Bayer

Composição

Fluopicolida 480 g/L

Classificação

Terrestre
Fungicida
5 - Produto Improvável de Causar Dano Agudo
II - Produto muito perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Suspensão Concentrada (SC)
Mesostêmico, Sistêmico

Batata

Calda Terrestre Dosagem
Phytophthora infestans (Requeima)

Melão

Calda Terrestre Dosagem
Pseudoperonospora cubensis (Míldio)

Tomate

Calda Terrestre Dosagem
Phytophthora infestans (Requeima)

Uva

Calda Terrestre Dosagem
Plasmopara viticola (Míldio)

Frascos de polietileno de alta densidade (PEAD): 250; 500 mL 1 L.
Bombonas de polietileno de alta densidade (PEAD):5; 10 e 20 L.
Tambores de polietileno de alta densidade (PEAD):50; 100 e 200 L.
Contentores intermediários para granéis (IBC) de polietileno de alta densidade (PEAD):500 e 1000 L.

INSTRUÇÕES DE USO

Xavante é um fungicida sistêmico via xilema e translaminar, aplicado nas culturas de batata, melão, tomate e uva.

CULTURAS, DOENÇAS CONTROLADA E DOSES: Vide Indicações de Uso/Doses.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

O produto deve ser aplicado preventivamente. Se as condições climáticas forem favoráveis à infecção e incidência das doenças, iniciar as aplicações a partir da fase vegetativa em batata, melão e tomate, com intervalos de 7 dias entre aplicações. Em uva, iniciar as aplicações no começo da brotação, utilizando intervalos de 10 dias, sendo as aplicações realizadas até a fase de frutificação (chumbinho). Se forem necessárias mais de 3 aplicações, deve-se adotar a alternância com fungicidas de mecanismos de ação diferentes e, se voltar a utilizar o produto, realizar no máximo 6 aplicações de Xavante em melão e tomate e, no máximo, 4 aplicações em uva durante o ciclo da cultura.

MODO DE APLICAÇÃO

A dose recomendada deve ser diluída em água e aplicada na forma de pulverização terrestre com pulverizadores tipo costal, tratorizados ou pistolas, em área total até que se obtenha cobertura uniforme do produto nas partes da planta que necessitam ser protegidas com a calda fungicida. Recomenda-se o volume de calda de 1000 L/ha.

INTERVALO DE SEGURANÇA:
Batata, melão: 14 dias
Tomate, uva: 7 dias

Fitotoxicidade para as culturas indicadas:

Os usos do produto estão restritos aos indicados no rótulo e bula. Quando este produto for utilizado nas doses recomendadas, não causará danos às culturas indicadas.

Outras restrições a serem observadas:

Não há.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Recomenda-se, de maneira geral, o manejo integrado das doenças, envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle.
O uso de sementes sadias, variedades resistentes, rotação de culturas, época adequada de semeadura, adubação equilibrada, fungicidas, manejo da irrigação e outros, visam o melhor equilíbrio do sistema.

Para as culturas que, durante o ciclo, exigem um elevado número de aplicações, recomenda-se:
- realizar a rotação de fungicidas com mecanismos de ação distintos, visando prevenir o aparecimento de fungos resistentes e prolongar a vida útil dos fungicidas na agricultura; utilizar o fungicida somente na época, na dose e nos intervalos de aplicação recomendados na bula;
- incluir outros métodos de controle de doenças (ex. resistência genética, controle cultural, biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Doenças (MID) quando disponíveis e apropriados
- consultar um Engenheiro Agrônomo para o direcionamento das recomendações locais para o manejo de resistência.

PT - Xavante Técnico registro nº 14808;