CI

Argentinos começam a sacrificar gado doente


As autoridades sanitárias argentinas começaram a sacrificar, neste domingo, animais na província de Salta para eliminar um foco de febre aftosa, detectado em um criatório de suínos. Em Tartagal, a 1.500 quilômetros de Buenos Aires e na fronteira com a Bolívia, todos os bovinos irão receber novas doses de vacina a fim de evitar um surto. A notícia provocou medidas de proteção e alerta em países como Brasil, Uruguai, Chile, Paraguai e Peru.

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.