Milho

MILHO/CEPEA: Queda de preços eleva competitividade do grão no mercado externo

As fortes quedas nos preços internos do milho têm elevado a competitividade do cereal brasileiro no mercado externo, segundo pesquisas do Cepea

As fortes quedas nos preços internos do milho têm elevado a competitividade do cereal brasileiro no mercado externo, segundo pesquisas do Cepea. Com as cotações na BM&FBovespa próximas dos patamares da Bolsa de Chicago (CME Group), o interesse de importadores em adquirir o grão nacional vem crescendo. O número de negócios efetivados, porém, ainda é limitado pela resistência vendedora.

Pesquisadores do Cepea indicam que maiores exportações nesse momento amenizariam o elevado excedente interno, podendo, ainda, contribuir para sustentar as cotações domésticas no segundo semestre, com a chegada efetiva da segunda safra brasileira. Por enquanto, as cotações do cereal seguem pressionadas no spot brasileiro, refletindo a maior disponibilidade do cereal no curto prazo. Nessa sexta-feira, 7, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (referência Campinas – SP) fechou a R$ 28,14/saca de 60 kg, queda de 6,6% em relação à sexta anterior e o menor valor nominal desde 28 de agosto de 2015.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos