Agronegócio

Vazio Sanitário

Vazio sanitário
Por: -José Luis da Silva Nunes
acessos

Vazio sanitário

Ferrugem asiática Agente causal Ciclo e Epidemiologia Consórcio AntiFerrugem Práticas de Manejo Produtos de Controle Sintomas Vazio Sanitário

 

Vazio sanitário da soja é o período de ausência de plantas de soja vivas no campo. É uma estratégia adicional no manejo da ferrugem asiática da soja, objetivando reduzir a quantidade de uredosporos no ambiente na entressafra e, dessa forma, inibir o ataque precoce da soja, pela presença de inóculo inicial menor. Esse período, que varia de 60 a 90 dias, foi estabelecido considerando que o período máximo de viabilidade de uredósporos de P. pachyrhizi registrado na literatura é de 55 dias. Em 2006, essa medida foi instituída nos estados de Mato Grosso, de Goiás e do Tocantins.

Em 2007, foi publicada pelo MAPA, a Instrução Normativa Número 2, de 29 de janeiro de 2007, instituindo o Programa Nacional de Controle da Ferrugem Asiática da Soja (PNCFS), no qual, entre outras diretrizes, ficou estabelecido que os Estados deveriam criar seus Comitês Estaduais de Controle da Ferrugem Asiática da Soja e que as instâncias intermediárias do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA) em cada Estado, deveriam estabelecer um calendário de semeadura de soja, com um período de, pelo menos 60 dias sem a presença de plantas cultivadas ou voluntárias.

 

José Luis da Silva Nunes

Eng. Agrº, Dr. em Fitotecnia


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink