Nitrato de amônio - vantagens e manejo deste adubo
CI
Fertilizantes

Nitrato de amônio - vantagens e manejo deste adubo

Leia tudo que você precisa saber sobre o fertilizante nitrato de amônio.
Por:

O uso do nitrato de amônio como fertilizante

O nitrato de amônio é um fertilizante nitrogenado, com fórmula molecular NH4NO3 que contém 32% de nitrogênio na sua composição, sendo metade do nitrogênio na forma de nitrato, e metade na forma de amônia. Ao ser aplicado no solo, na presença de oxigênio e água, o produto final será oxigênio, nitrato e água, pois a amônia, na maioria dos solos, será transformada da forma amoniacal para a forma nítrica através da ação de bactérias nitrosomonas. Apresenta elevada solubilidade em água, sendo frequentemente usado em culturas fertirrigadas. É considerado a forma mais eficiente e rápida dos fertilizantes nitrogenados, além de apresentar maior resistência para perda do nitrogênio para a atmosfera, quando comparado à outros fertilizantes nitrogenados. O nitrogênio nesta forma volatiliza pouco, pois se encontra já na forma química em que as plantas absorvem, resultando também em menor impacto ambiental. Deve ser armazenado em local fresco e arejado, longe de produtos inflamáveis e não fertilizantes.

Uma vantagem deste produto, é o fato de que o nitrogênio nítrico apresenta uma disponibilidade mais rápida para as plantas, ao passo que o nitrogênio amoniacal tem uma disponibilidade mais prolongada, pois deve passar pelo processo de nitrificação. Outra vantagem é que este produto é menos perdido por volatilização, e acidifica menos o solo do que o MAP e DAP, pois parte do nitrogênio já está na forma nítrica, ocorrendo menos nitrificação do que em outras fontes.

 

Limitações do nitrato de amônio como fertilizante

O nitrato de amônio é bastante higroscópico (absorve bastante umidade do ar), possuindo uma grande tendência à solidificação. Assim, deve ser armazenado em local seco, fresco e arejado, e pode também ser tratado com antiaglomerante. Além disso, é um produto com alto poder oxidante, o que significa que quando interage com outras substâncias ou condições inadequadas, apresenta risco de combustão. Apesar disso, quando usado como adubo em condições normais se apresenta em forma estável e não inflamável devido ao tratamento industrial recebido, mas não deve ser exposto ao fogo, pois pode aumentar as chamas e gerar gases tóxicos, principalmente se for contaminado com material combustível. Desta forma, este produto carece de alguns cuidados:

  • Armazenar em local sexo, fresco e arejado, longe de intempéries
  • Evitar o armazenamento próximo de produtos inflamáveis, faíscas e outros produtos fertilizantes

 

Anderson Wolf Machado - Engenheiro Agrônomo


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.