Agronegócio

GPS

O desenvolvimento e implementação do sistema de Agricultura de Precisão (AP) é possível a partir da
Por: -Admin
3779 acessos

GPS e a agricultura

O desenvolvimento e implementação do sistema de Agricultura de Precisão (AP) é possível a partir da combinação do Sistema de Posicionamento Global (GPS) com os sistemas de Informações geográficas (GIS).

Essas tecnologias permitem a junção da coleta de dados em tempo real com informações precisas de posição, possibilitando uma eficiente manipulação e analise de grandes quantidades de dados geoespaciais. As aplicações baseadas no GPS de agricultura de precisão estão sendo usadas para o planejamento de plantio, mapeamento em campo, amostragem de solo, direcionamento do trator , inspeção da colheita, tempos variáveis de aplicação e o mapeamento da produção. O GPS permite aos agricultores trabalharem durante condições de baixa visibilidade do campo, como chuva, poeira, névoa, e escuridão.

No passado, era difícil para os agricultores correlacionar técnicas de produção e os resultados da colheita com as variações da terra. Isso limitava suas habilidades para desenvolver estratégias mais efetivas de gerencia do solo/planta que pudesse aumentar suas produções. Hoje em dia, a aplicação mais precisa de pesticidas, herbicidas e fertilizantes e um melhor controle da dispersão destas substâncias químicas são possíveis através da agricultura de precisão, consequentemente reduzindo despesas, produzindo um rendimento mais alto e criando uma fazenda ambientalmente mais amigável.

A AP está mudando o modo como os agricultores e os empresários agrícolas estão visualizando a terra da qual retiram seus lucros. A agricultura de precisão consiste em coletar informações geoespaciais sobre requisitos relativos ao conjunto solo-planta-animal e prescrever e aplicar ações especificas e localizadas para aumentar a produção e proteger o meio ambiente.

A AP está ganhando popularidade em grande escala devido à introdução de ferramentas tecnológicas resistentes na comunidade agrícola que são mais precisas, com custos adequados e fáceis de usar. Muitas das novas inovações contam com a integração de computadores de bordo, sensores coletores de dados, e sistemas de posicionamento e de contagem de tempo do GPS.

Muitos acreditam que os benefícios da AP só podem ser obtidos em grandes propriedades agrícolas com tecnologias de informações. Isso não é verdadeiro. Existem métodos e técnicas de baixo custo e fáceis de usar e que podem ser desenvolvidos para serem usados por todos os agricultores. Por meio do uso do GPS, GIS e transmissão remota, podem ser coletadas as informações necessárias para o aperfeiçoamento do uso da terra e da água. Agricultores podem obter benefícios adicionais fazendo uma combinação do melhor do uso de fertilizantes e outras correções de solo, determinando os limites econômicos para o tratamento de infestações de pragas e erva daninhas, e assim protegendo os recursos naturais para uso futuro.

Os fabricantes de equipamentos GPS desenvolveram várias ferramentas para ajudar os agricultores e empresários agrícolas a se tornarem mais produtivos e eficientes nas suas atividades de agricultura de precisão. Hoje, muitos agricultores usam produtos derivados do GPS para melhorar seus negócios agrícolas. As informações de localização são coletadas por receptores do GPS para mapear limites da terra, estradas, sistemas de irrigação, e áreas de plantação com problemas, como ervas daninhas ou pragas. A acuracidade do GPS permite que os agricultores criem mapas do terreno de cultivo com medidas precisas de cada área, localização das estradas e distancias entre locais de interesse. O GPS permite ao agricultor navegar com precisão por locais específicos de sua terra, ano após ano, para coletar amostras do solo ou monitorar as condições de plantação.

Os consultores agrícolas usam de equipamentos com grande capacidade de coleta de dados com GPS, para o posicionamento preciso para delimitar no campo as infestações de pragas, insetos e ervas daninhas. As áreas infestadas por pragas nas plantações podem ser delimitadas com precisão e mapeadas para futuras decisões gerenciais e formulação de recomendações. Os mesmos dados do campo podem ser usados por aeronaves agrícolas, permitindo a pulverização precisa da terra sem o uso de seres humanos para sinalizar e guiá-los. Os pulverizadores equipados com GPS podem fazer vôos precisos sobre o campo, aplicando substâncias químicas apenas onde é necessário, minimizando o derramamento de produtos químicos, reduzindo a necessidade de aplicação de produtos químicos e, assim, beneficiando o meio ambiente. O GPS também aos pilotos fornecerem aos agricultores mapas precisos de suas terras.

Agricultores e provedores de serviços agrícolas podem esperar ainda maiores avanços já que o GPS continua sendo modernizado. Em adição ao atual serviço civil do GPS, os Estados Unidos estão comprometidos na implementação do segundo e do terceiro sinal civil nos satélites do GPS. O primeiro satélite com o segundo sinal civil foi lançado em 2005. Os novos sinais irão melhorar a qualidade e a eficiência das operações agrícolas no futuro.

Benefícios

Dentre os diversos benefícios, pode-se destacar:

- A localização precisa das amostras do solo e a coleta e análise de dados possibilitam a aplicação localizada e diferenciada de produtos químicos e a densidade da plantação mais adequadas à cada área específica do campo. - A acurada navegação pelo campo minimiza redundâncias e falhas na aplicação de fertilizantes e produtos químicos e possibilita a máxima abrangência do terreno, no menor tempo possível;

- A habilidade de trabalhar em condições de baixa visibilidade do campo, devido a chuva, poeira, nevoeiro e escuridão, é fator contribuinte para o aumento da produtividade;

- A monitoração precisa dos dados de rendimento possibilita a preparação futura de áreas especificas do campo;

- A eliminação de balizadores humanos melhora a eficiência da pulverização e minimiza a ocorrência de aplicação excessiva dos produtos.

 

José Luis da Silva Nunes

Eng. Agrº, Dr. em Fitotecnia
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink