<img src=http://www.agrolink.com.br/img/bandeiras/band_argentina.gif alt="Argentina"> Indústria láctea argentina deve retomar compensações

Agronegócio

<img src=http://www.agrolink.com.br/img/bandeiras/band_argentina.gif alt="Argentina"> Indústria láctea argentina deve retomar compensações

O governo estabeleceu uma metodologia para compensar as indústrias que comercializam produtos no mercado interno
Por: -Giuliano
119 acessos

O governo da Argentina estabeleceu uma metodologia para compensar as indústrias lácteas que comercializam produtos no mercado interno, com os preços acordados com o governo. A resolução de 1984/07 da Oncca, publicada no Boletim Oficial, determinou que a compensação será determinada a partir de 85% do montante resultante da diferença entre o preço mensal médio pago por litro de leite não industrializado e um valor de 0,51 de pesos por litro. A compensação correspondente a cada indústria será determinada pelos meses compreendidos entre 01 de fevereiro e 30 de abril de 2007.

Em abril os preços pagos pelo leite na zona de Santa Fé foram localizados em condições gerais de 0,60 a 0,65 de pesos por litro. Desta maneira, a compensação neste caso seria de 0,07 a 0,11 de pesos por litro. Para determinar quais serão as companhias lácteas que receberão o subsídio, nos próximos dias a Secretaria da Agricultura (Sagpya) informará à Oncca a lista de indústrias que tiverem cumprido as pautas de preços internos menores, acordados com o governo nacional.

Para poder alcançar o benefício, as indústrias deverão declarar o destino de matéria-prima e dos produtores industrializados, uma especificação mensal de todas as exportações (se houver), gênero final de cada produto indicando lote, data de fabricação e planta/câmara de onde se encontra e especificação mensal dos litros importados e exportados, entre outros aspectos. As informações são do E-campo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink