Tendências

17ª Conferência Internacional sobre Açúcar e Álcool apresenta tendências do segmento em São Paulo

Mais de 750 pessoas estarão reunidas para discutir os desafios do setor sucroenergético no País
Por:
19 acessos

 Com o intuito de apresentar soluções e tendências para o setor sucroenergético no Brasil, São Paulo sedia, em 6 e 7 de novembro, a 17ª Conferência Internacional sobre Açúcar e Etanol. Promovido pela Datagro, o evento é um dos mais importantes do calendário mundial do segmento e pretende disseminar conhecimento de novas tecnologias e políticas públicas, além estimular o networking entre os participantes. A edição anterior contou com a presença de mais de 750 pessoas, oriundos de 30 países, além de 60 palestrantes que discutiram formas de superar os desafios e aproveitar as oportunidades do mercado brasileiro e internacional de cana-de-açúcar.

A Adama, empresa global do setor de agroquímicos, é uma das patrocinadoras. "Um de nossos pilares no Brasil é o de desenvolver soluções e detectar tendências na agricultura nacional. Nosso apoio à Conferência Internacional sobre Açúcar e Etanol é um exemplo disso, pois é um momento para que entidades, empresas e agricultores debatem cenário, tendências e perspectivas para o setor canavieiro", disse Breno Siqueira, gerente de Marketing de Culturas da Adama.

A companhia desenvolve continuamente soluções para a cultura canavieira. É o caso de um novo produto da empresa para o segmento - mas que também vai atender outras culturas. A solução, feita com base em uma molécula inovadora, vem para suprir uma demanda do mercado por um produto voltado exclusivamente para o combate aos parasitas, que atacam as raízes das plantas e geram prejuízos vultosos – estima-se que as perdas com nematoides cheguem até a 80% da lavoura. Por ser um produto desenvolvido para esta praga, seu nível de ação é extremamente baixo em outros organismos do solo.

Nos últimos anos, os prejuízos associados a nematoides na agricultura brasileira chegaram R$ 35 bilhões. Desde o início de 2016, a solução já foi testada em mais de 120 áreas demonstrativas em todo o Brasil.

Além disso, a companhia possui a Solução Integrada de Manejo Adama (SIM Cana), composta pelos herbicidas Jump e Premerlin, inseticida Rimon Supra e o bioestimulante ExpertGrow, que juntos garantem a máxima proteção e produtividade do canavial, e o Adama Wings, serviço de captura de imagens de alta definição para usinas de cana-de-açúcar, feitas através de veículos aéreos não tripulados (VANT) para a identificação de falhas de plantio, mato competição e solo exposto.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink