Calor

2017 pode ser um dos três anos mais quentes do planeta, diz relatório

O período de 2013 a 2017 poderá ser considerado o período de cinco anos mais quente já registrado
Por: -Aline Merladete
133 acessos

De acordo com as primeiras análises sobre o estado do clima em 2017 feitas pela Organização Meteorológica Mundial (WMO, na sigla em inglês) apontam que a temperatura média global de janeiro a setembro ficou aproximadamente 1,1ºC acima da temperatura média da era pré-industrial. 

O ano de 2016 provavelmente irá permanecer o ano mais quente já registrado por conta do forte El Niño que ocorreu naquele ano. O ano de 2017 disputa com 2015 a segunda posição. O período de 2013 a 2017 poderá ser considerado o período de cinco anos mais quente já registrado.  

É muito provável que 2017 seja um dos três anos mais quentes já registrados, com muitos eventos de alto impacto, incluindo furacões catastróficos, enchentes, ondas de calor e secas severas. Indicadores de mudanças climáticas de longo período, como o aumento da concentração de dióxido de carbono, aumento do nível do mar e a acidificação do oceano continuam ocorrendo.

A cobertura de gelo marinho no Ártico continua abaixo da media e a extensão do gelo marinho antártico, anteriormente estável, ficou igual ou próximo ao recorde mínimo.
  

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink