5% da soja gaúcha ainda não está plantada
CI
Imagem: Pixabay
COTAÇÕES

5% da soja gaúcha ainda não está plantada

Com Chicago e o dólar em queda, os preços ficam no máximo estáveis no Paraná
Por: -Leonardo Gottems

O mercado da soja do Rio Grande do Sul registrou perdas consolidadas, enquanto 5% da área ainda não está plantada, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Estima-se que 76% das lavouras se encontram em germinação, 22% em floração e 2% em enchimento de grãos. Devido à falta de umidade anteriormente citada, cerca de 5% da área planejada ainda não foi plantada. Ademais a alta isolação, as elevadas temperaturas, a falta de chuva e de umidade do solo em dezembro e início de janeiro vêm prejudicando as lavouras e dificultando o crescimento das plantas, observados o encurtamento dos entrenós e o tamanho reduzido das folhas”, comenta. 

Em Santa Catarina as valorizações diminuem, enquanto o governo investirá R$ 150.000 milhões no Estado. “Santa  Catarina  segue  em  situação  difícil, sem mudanças no panorama climático da região. No entanto,  segundo  reportagem  pela  Secretaria  de Estado da Agricultura de Santa Catarina, o governo do Estado estará efetuando um novo  aporte  de R$ 150 milhões  para  mitigar  os  impactos  da  estiagem  no meio Rural. Este investimento deve resultar em novas instalações para sistemas de captação e armazenamento de água, a preocupação destacada por Altair Silva, secretário do órgão é que esse é o segundo ano em que o governo destina tais investimentos para o combate a estiagem, com 2021 tendo contado com um aporte de R$ 100 milhões”, completa. 

Com Chicago e o dólar em queda, os preços ficam no máximo estáveis no Paraná. “Sem confirmação de perda os produtores não querem efetuar fixação de preços e também não vendem mais do que o absoluto essencial que normalmente se configura em quantidades muito pequenas no interior. O comércio passa a se virar para dentro, onde o que controla a demanda são as fábricas, mas não totalmente, pois muitas indústrias seguem abastecidas até março”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.