A produção avícola brasileira dentro de 10 anos na visão da FIESP
CI
Agronegócio

A produção avícola brasileira dentro de 10 anos na visão da FIESP

Projeta-se a evolução do setor nestes próximos 10 anos
Por:

Como vem fazendo há alguns anos, a Federação da Indústria do Estado de São Paulo (FIESP) acaba de lançar nova edição de seu “Outlook”, no qual faz projeções sobre as tendências da agropecuária brasileira. Na atual edição, o que se projeta é a evolução do setor nestes próximos 10 anos, ou seja, até 2025.

Ao contrário de outras projeções do gênero, a FIESP propõe um panorama futuro também para o ovo. E no presente “Outlook” estima que em 2005 o setor de postura brasileiro estará produzindo cerca de 123,7 milhões de caixas de 30 dúzias, volume que corresponde a um crescimento de 31% sobre a produção estimada para 2014.

O consumo per capita, naturalmente, deve evoluir de forma mais lenta – neste caso, com 10 pontos percentuais a menos. Ou seja: tende a aumentar 21%, o que fará com que as 13,6 dúzias de ovos per capita de 2014 subam para 16,5 dúzias per capita em 2025.


No tocante à carne de frango, a FIESP prevê expansão moderada na produção (+2,3% ao ano em média, 29% até 2025), mas “superlativa” na exportação: incremento de 3,1% ao ano, o correspondente a quase 40% em uma década. A demanda interna, por sua vez, deve aumentar perto de 25%, índice que equivale a uma expansão da ordem de 15% no consumo per capita.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.