A salvação dos agricultores em tempos de seca
CI
Agronegócio

A salvação dos agricultores em tempos de seca

Clima seco contribuiu para a boa formação dos grãos e, principalmente, para elevar o índice de açúcar na fruta
Por:
A safra de uva 2011/12 na região Sudoeste comprova que a diversificação de atividades no campo pode ser uma alternativa de sobrevivência em tempos difíceis. A estiagem, que gerou perdas de 25% nas culturas de soja, milho e feijão, trouxe, por outro lado, inúmeros benefícios para os produtores de uva. Além de favorecer o surgimento de cachos, o clima seco contribuiu para a boa formação dos grãos e, principalmente, para elevar o índice de açúcar na fruta, deixando-a ainda mais doce.


Outro benefício gerado pela seca é a diminuição da incidência de fungos e doenças nos parreirais. “Com o clima seco, a proliferação de doenças diminui e o custo com fungicidas é menor”, explica Silvia Capelari, engenheira agrônoma da Emater.

Em Mariópolis, onde a safra deve ultrapassar a 1,2 mil toneladas, 10% maior que a colheita anterior, o produtor Antonio Frigotto comemora os resultados. Há dez anos apostando no fruto, espera experimentar um lucro ainda mais doce que nos anos anteriores. Frigotto deve colher 50 toneladas em dois hectares de parreiral. “A quebra na soja é de 40% e no milho é ainda maior. A salvação está sendo a uva”, frisa o produtor. “Nessa época todo dia entra um dinheirinho porque o pessoal vem buscar aqui na propriedade”, conta.


Outro produtor do município que tem na uva uma renda extra é Angelo Bresolim, também presidente da Associação dos Fruticultores de Mariópolis. “Esse ano não dá para reclamar. O que se perdeu nas outras culturas ficou nos parreirais”, destaca o produtor que tem aumentando a área de cultivo do fruto todos os anos.


A importância da uva para Mariópolis pode ser medida pelos números da economia local. O Valor Bruto da Produção (VBP) de uva na safra 2010/2011 gerou R$ 944 mil, correspondente a 800 toneladas da uva. Ou seja, apesar de não superar os grãos e o leite, o fruto se firma como uma atividade expressiva na cadeia produtiva da agropecuária do município.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.