A tragédia da guerra também é alimentar
CI
Imagem: Pixabay
MUNDO

A tragédia da guerra também é alimentar

As sanções econômicas impostas aos produtos russos devido à invasão da Ucrânia estão causando uma interrupção no comércio
Por: -Leonardo Gottems

Quando se fala na guerra da Rússia contra a Ucrânia, tem que ter em mente que ela não só está causando uma tragédia humanitária de grande magnitude, juntamente com graves violações do direito internacional, mas também pode gerar uma crise alimentar global com os mesmos ou piores efeitos do que ocorreu entre 2007 e 2008 devido ao aumento dos preços de alimentos básicos (como cereais) nos mercados. As informações foram divulgadas pelo The Conversation.

A este respeito, importa recordar que a nível global, a Rússia e a Ucrânia desempenham um papel fundamental na produção mundial de cevada, trigo, milho e óleo de girassol. Por exemplo, mais de 40% das importações de trigo na África vêm da Ucrânia e da Rússia. No entanto, a produção de grãos na Ucrânia está sendo afetada pelos efeitos do conflito armado. A produção ucraniana no contexto do fornecimento de trigo e outros grãos não será facilmente substituível no curto prazo. Na verdade, está causando especulação excessiva no preço dos alimentos na Bolsa de Chicago por fundos de investimento.

De acordo com as Nações Unidas, a guerra na Ucrânia pode fazer com que o número de pessoas que passam fome no mundo aumente em mais 13 milhões (cerca de 800 milhões estão em situação de insegurança alimentar). Além disso, outro dos problemas que podem ser observados é a interrupção do comércio de fertilizantes utilizados na produção de alimentos. A Rússia e a Bielorrússia exportam grandes quantidades de fertilizantes (à base de nitrogênio de potássio) para muitos países da Europa e Ásia.

As sanções econômicas impostas aos produtos russos devido à invasão da Ucrânia estão causando uma interrupção no comércio desses insumos agrícolas. Por sua vez, podemos ver como também há uma ruptura nas cadeias de abastecimento e no transporte de matérias-primas alimentares.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.