Abapa participa da Fenagro em Salvador

Agronegócio

Abapa participa da Fenagro em Salvador

A abertura oficial aconteceu no domingo, 27, com a presença do presidente da Associação de Aiba, na tribuna de honra
Por:
300 acessos

A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), participa de mais uma edição da Feira Internacional da Agropecuária da Bahia – FENAGRO 2016, que começou no último dia 26, sábado, no Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador (PAES). A abertura oficial aconteceu no domingo, 27, com a presença do presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Júlio Cézar Busato, na tribuna de honra. A cerimônia foi conduzida pelo vice-governador da Bahia, João Leão, e pelo secretário da Agricultura, Vitor Bonfim. 

Já o governador Rui Costa chegou ao Parque acompanhado de sua comitiva, e percorreu alguns estandes, entre eles o da Abapa, que é dividido com a Aiba e Fundação Bahia, onde foi presenteado pelo presidente da Aiba com um quadro que leva a marca da Bahia Farm Show. “Obrigado pelo presente e por estarem aqui na Feira, mostrando ao público da capital tudo que é feito no campo. Estou muito feliz com a notícia de chuva no oeste da Bahia. Torço para que continue chovendo lá, porque isso é bom para o produtor rural da região e para a economia de todo o estado”, disse Rui Costa.

Na oportunidade, o presidente da Aiba, se disse otimista com a próxima safra e com a espera do fenômeno natural la niña, que deve trazer muita chuva, favorecendo a produtividade na região. “Por isso, fizemos questão de mais uma vez participar da Fenagro para compartilhar nossa experiência e dizer que nós do campo somos persistente e procuramos nos adaptar às situações mais adversas para continuar produzindo alimentos em quantidade, qualidade e preço baixo, além de gerar emprego e renda à população que tanto precisa”, ressaltou Busato.

Com o tema “Agropecuária da Bahia, Celeiro de Boas Oportunidades”, a FENAGRO viabiliza oportunidades de negócios e ações de fomento ao setor agropecuário, que vão desde a comercialização de produtos artesanais, até leilões de animais com alto padrão genético, que chegam a custar R$1,5 milhão. Ao todo, serão expostos 6 mil animais entre bovinos (1 mil), equinos (1,5 mil), ovinos (1,5 mil), caprinos (1 mil), além de animais de pequeno porte. A expectativa é movimentar mais de R$100 milhões em negócios, e receber público aproximado de 100 mil pessoas durante a Feira, que encerra no dia 4 de dezembro.
 
A FENAGRO é uma realização da Central das Exposições, representada pela Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (ACOOBA), promovida em parceria com o governo do Estado, através das secretarias da Agricultura (SEAGRI), e de Desenvolvimento Rural (SDR), além de outras instituições. São apoiadores o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB) e Desenbahia.
 
O horário de funcionamento da FENAGRO é das 8h às 22h, e o ingresso tem o custo de R$10, sendo que crianças até 12 anos não pagam. 
 
Cartilha Ambiental - A Fenagro foi o palco para o lançamento da 2ª edição da Cartilha sobre Regularização Ambiental de Propriedades Rurais na Bahia, uma publicação destinada a produtores rurais, consultores, representantes de órgãos públicos e estudantes de cursos agrotécnicos, com o intuito de orientá-los sobre o cumprimento das legislações ambientais vigentes.

Quem passou pelo estande conjunto da Aiba, Abapa e Fundação Bahia pôde conhecer, em primeira mão, a cartilha e levar o seu exemplar inteiramente grátis. Com excelente repercussão e aceitação desde a primeira edição, a nova cartilha foi reformulada, ampliada e agora contempla todo o Estado, não se limitando mais apenas à região oeste da Bahia.

“A nova cartilha traz esclarecimentos sobre a Lei Florestal Federal nº 12.651/2014 e o Decreto Florestal do Estado da Bahia nº 15.180/2014. Esperamos, com isso, auxiliar o produtor rural em toda questão ambiental”, disse a diretora de Meio Ambiente da Aiba, Alessandra Chaves, uma das idealizadoras da cartilha.

A cerimônia de lançamento da publicação contou, ainda, com a presença do secretário estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, que definiu a cartilha como instrumento orientador sobre o Programa de Regularização Ambiental (PRA), além de trazer outros temas relevantes, como o Cefir e Car. Em seu discurso, o secretário falou também sobre a importância de ampliar o debate sobre as questões ambientais, conciliando sobre as discussões econômicas. “Temos que defender a parte ambiental, mas de forma que não estagne a economia. É importante discutir sobre a outorga da água, mas também é importante viabilizar o uso de todo o recurso disponível para a área econômica”, defendeu.

Também participaram do lançamento da cartilha representantes do Incra, Adab, Secretaria Estadual de Agricultura, deputados, além de produtores rurais, agrônomos e população em geral.
Com informações Ascom Aiba


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink