Aberta a colheita do Kiwi em Passa Sete/RS

Agronegócio

Aberta a colheita do Kiwi em Passa Sete/RS

Município conta com uma associação de 18 produtores que produzem 80 toneladas da fruta
Por:
2503 acessos
Município conta com uma associação de 18 produtores que produzem 80 toneladas da fruta
 
Na última quarta-feira (20) às 14h, foi aberta oficialmente a colheita do Kiwi no município de Passa Sete. Na solenidade a chefe do escritório da Emater/Ascar, Marli Ferreira Todendi, fez um breve histórico da cultura do Kiwi no município, que foi iniciada na propriedade da família Calheiro, em campo de Sobradinho, em 1996. Destacou que atualmente o município conta com uma associação integrada por 18 produtores que cultivam 17 hectares e que nesta safra devem ser produzidas 80 toneladas.

O técnico da Emater, Emocir Joel dos Santos fez um relato sobre a cadeia produtiva de Passa Sete onde, na fruticultura também se destaca a uva, com 13 produtores e uma safra de 40 toneladas, além de pomares de ameixa e laranja, em formação.

Darci Wagner, secretário municipal da Agricultura e proprietário da área de Kiwi onde ocorreu a abertura da colheita, destacou a sua experiência nessa cultura e repassou informações sobre custo de implantação de um pomar. Valmir Wegner, supervisor regional da Emater/RS-Ascar, ressaltou as parcerias entre a empresa onde ele trabalha, a prefeitura e a associação de produtores, afirmando que Passa Sete é uma referência na produção de Kiwi. Já o prefeito Bertino Rech agradeceu a todos que de uma forma ou outra contribuiram para que se implantasse essa diversificação de cultura em Passa Sete.

Qualidade superior

Entre os convidados para a abertura da colheita esteve presente Paulo Ricardo Cecconello, representante da empresa Silvestrin, de Farroupilha, importadora e exportadora de frutas e que tem como destaque o Kiwi. Ao se pronunciar o visitante afirmou que dos frutos por ele vistos na propriedade de Darci Wagner 70% são de formato superior em termos de parâmetros de qualidade para a comercialização. Na oportunidade garantiu aos produtores que “sempre que houver produto de qualidade haverá mercado e, por conseqüência, lucratividade ao produtor”.

Cecconello também realizou teste com refratômetro para verificar o grau brix dos frutos. Enfatizou a necessidade de ser observado o ponto ideal de colheita do kiwi, bem como da consistência do fruto para o consumo.

O prefeito Bertino Rech disse estar muito feliz por esta afirmação e que isso significa que todo o esforço dos produtores e o apoio do poder público municipal estão dando resultados. Também afirmou que isso serve de incentivo para os demais agricultores que queiram optar por novas alternativas de renda.

Investimento

O prefeito Bertino Rech anunciou que o município deve adquirir uma câmera fria para armazenagem de frutas, com capacidade para 100 toneladas. Com tal investimento os produtores podem estocar a safra para comercializar quando os preços estiverem mais favoráveis.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink