Aberta consulta pública sobre inspeção de frango de corte
CI
Imagem: Marcel Oliveira
ALIMENTAÇÃO

Aberta consulta pública sobre inspeção de frango de corte

A carne de frango é considerada a fonte de proteína animal mais produzida e consumida no Brasil
Por: -Leonardo Gottems

A Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) abriu uma consulta pública para receber contribuições relativas à proposta de ato normativo que aprova os Procedimentos para a Adesão dos Abatedouros Frigoríficos registrados no Dipoa/Mapa ao Sistema de Inspeção com Base em Risco aplicável a frangos de corte. De acordo com a CarneTec Brasil, o processo deve levar 75 dias.

Essa proposta tem como principal objetivo adequar os procedimentos de inspeção ante e post-mortem no âmbito dos abatedouros frigoríficos sob Serviço de Inspeção Federal (SIF). Segundo a diretora do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), Ana Lúcia Viana, é preciso questões de saúde pública e vigilância em saúde animal, com a responsabilidade compartilhada entre governo e indústria.

“No sistema de inspeção com base em risco, os exames de inspeção ante-mortem serão integralmente realizados pelos médicos-veterinários oficiais localizados no SIF, atendendo aos procedimentos e às destinações previstas nos regulamentos aplicáveis, não havendo prejuízo na certificação sanitária animal. Já os exames de inspeção post-mortem passam a ser executados mediante a atuação conjunta do serviço oficial e do autocontrole”, explicou em nota.

A carne de frango é considerada a fonte de proteína animal mais produzida e consumida no Brasil. “Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2022, no ano de 2021 foram produzidas 14,755 milhões de toneladas, sendo 4,231 milhões de toneladas destinadas ao mercado externo e o restante, 9,614 milhões de toneladas, ao mercado interno”, conclui a CarneTec.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.