Abitrigo exige explicação da Argentina

Agronegócio

Abitrigo exige explicação da Argentina

O país vai explicar o aumento de exportações de trigo para países fora do Mercosul
Por: -Silvano
82 acessos

A Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo) vai questionar representantes da cadeia produtiva da Argentina pelo fato de o país vizinho aumentar em 126% as exportações de trigo em grão para países da África, Ásia, Oriente Médio, América Central, entre outros, enquanto que os embarques para o Brasil, o principal comprador do trigo argentino, o aumento foi de apenas 7,3%, segundo informações da Secretaria de Agricultura, Ganaderia, Pesca y Alimentos da Argentina (Sagpya).

“É, no mínimo, estranho isso acontecer. A Argentina, como membro do Mercosul, deveria privilegiar os embarques para o Brasil, mas não é isso que vem ocorrendo. Em março desse ano eles suspenderam os embarques de trigo para o mercado brasileiro alegando proteção do abastecimento interno. Mas não é isso que se vê no levantamento que realizamos com base em informações da própria Argentina. Eles aumentaram em 126% as vendas de trigo para diversos países e para nós não ocorreu isso. A pergunta que fica no ar é se somos parceiros no Mercosul e temos necessidade do trigo da Argentina, por que exportar mais para países fora do Mercosul e deixar o Brasil sem trigo? Se não sobrou trigo para exportar ao Brasil, como se explica a exportação de farinha de trigo, que eles continuam fazendo?”, questiona Samuel Hosken, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Trigo. As informações são da assessoria de imprensa da Abitrigo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink