Agronegócio

ABRAFRIGO prepara terreno para que médios frigoríficos também exportem carne bovina para a China

A ABRAFRIGO promoveu um encontro com seu representante na China, APEX e diretores da entidade no Brasil, com integrantes da CIQA.
Por:
583 acessos

A Associação Brasileira de Frigoríficos (ABRAFRIGO) promoveu na segunda-feira, dia 16 em Pequim, um encontro com seu representante na China, APEX e diretores da entidade no Brasil, com integrantes da CIQA para avançar nas negociações que irão permitir que médios frigoríficos brasileiros também passem a exportar para o mercado chinês, aberto ao Brasil em julho do ano passado. Atualmente, uma das maiores queixas dos importadores chineses é o pequeno número de empresas brasileiras na operação - apenas 16 plantas estão habilitadas para exportações de carne bovina à China.

Nos últimos meses, este país se transformou no maior comprador do produto brasileiro. Do encontro participaram Liu Xiao Hui, Presidente da CIQA, entidade do governo chinês que inspeciona e controla a entrada de produtos importados naquele país, Stella Sun, representante da ABRAFRIGO na China, Péricles Salazar, Presidente Executivo da Abrafrigo, Anibal Semblat, da Cooperfrigu e Xu Jia, Supervisor Administrativo da CIQA cujo nome em inglês é China Entry-Exit Inspection and Quarantine Association, além de Helena Xin, da APEX.

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink