ACCS traça metas para a suinocultura de 2012
CI
Agronegócio

ACCS traça metas para a suinocultura de 2012

O presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, acredita que 2012 será diferente
Por:
Chegado o final de mais um ano, a Associação Catarinense de Criadores de Suínos, ACCS reuniu os presidentes dos Núcleos de Criadores de Suínos de todo o estado para a Assembleia Geral de Avaliação e Planejamento. As principais dificuldades de 2011 e as propostas para 2012 foram apresentadas.


O presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, acredita que 2012 será diferente. “A abertura de novos mercados, maior área plantada e aumento de produtividade de milho no mercado poderá fazer de 2012 um ano promissor para os produtores”, explica.

“Acredito que o custo de produção para a suinocultura será menor no ano que vem. O mercado dos insumos mostra sinais de redução nos valores”, defende o vice-presidente da ACCS, Vilson Spessatto.

Os presidentes dos núcleos também estão otimistas com 2012. “A abertura de novos mercados já não é uma promessa, está acontecendo e as exportações devem influenciar no rendimento dos suinocultores. Acredito que os produtores, que estão firmes, aqueles que suportaram 2011, terão resultados positivos no ano que vem”, acrescenta o presidente do Núcleo de Criadores de Suínos de Braço do Norte, Daniel Michels.


Durante a Assembleia Lorenzi destacou as ações que a entidade realizou durante o ano de 2011, entre elas estão: ACCS busca alternativas para o setor suinícola – Estadual e Nacional; ACCS na Secretaria de Estado da Fazenda; Dirigentes da ACCS na mobilização em Brasília – Código Florestal; Audiência Pública mostrou a realidade da atividade suinícola em SC; ACCS participa de Audiência Pública em Brasília; Suinocultores dos três Estados do Sul se reúnem em busca de medidas emergenciais para o setor; De Olho na Qualidade, Programa Empreendedor Rural; Suinocultores recorrem ao Ministro da Agricultura para solucionar crise; Primeiro Fórum de Suinocultores Integrados de SC e ainda ACCS participou da Festa do Leitão Assado, Efapi; Festas Municipais, com o intuito de divulgar a Carne Suína.

Entre as metas apresentadas pela ACCS para 2012, estão:

Maior proximidade nos governos Estadual e Federal; Maior representatividade do setor no meio político; Reativar a Câmara Setorial de Grãos e Carne com um representante de cada Regional da ACCS; Eleições Municipais, apoio aos suinocultores candidatos; Novas alternativas para milho Conab; Construção do Museu da Suinocultura; PEDS – Projeto Estadual de Desenvolvimento da Suinocultura; Programa de Gestão de Propriedades Rurais; Projeto Quintais; Projeto Circuito Tela Verde; Bolsa de Suínos; Cursos de Cortes para Açougueiros; Cursos de Culinária Suína para merendeiras; Rastreabilidade suína aos produtores não integrados; Instituir uma assessoria técnica para atender as demandas de frigoríficos.


Segundo a ACCS todos os esforços possíveis serão tomados para mudar a realidade da suinocultura. “Com a casa organizada, para os momentos bons, a tendência é recuperar os prejuízos de 2011. O momento é de ânimo e deslumbra essa recuperação”, finalizou o presidente do Núcleo de Criadores de Suínos de Treze Tílias, Ricardo Pernlochner.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.