Acrimat pede cautela a produtor

Agronegócio

Acrimat pede cautela a produtor

Por:
134 acessos

O Frigorífico Independência, que está em processo de recuperação judicial desde 27 de fevereiro, mudou de estratégia e está fazendo um ‘corpo-a-corpo’ para apresentar uma nova proposta aos 1.524 pecuaristas de todo Brasil que possuem uma dívida a receber de R$ 194 milhões. A nova proposta consiste no pagamento à vista das dívidas de até R$ 100 mil e os com crédito superior receberia R$ 100 mil de entrada e saldo dividido em 36 parcelas de R$1.000 mil, sem carência, corrigidas pelo IPCA. O inicio do pagamento está vinculado à aprovação do plano e a liberação do financiamento de R$ 330 milhões do mercado financeiro. Esta nova proposta atinge 80% dos pecuaristas. ‘Estamos surpresos’, assim o presidente da Comissão de Credores de Mato Grosso e representante da Acrimat, Marcos da Rosa analisou essa notícia. Ele alerta o pecuarista para não tomar nenhuma atitude isolada, individual, pois ‘eles (diretores do frigorífico) continuam prometendo sem nenhuma garantia’.

A forma usada pelo frigorífico para repassar a nova proposta aos pecuaristas também preocupa a Associação dos Criadores de Mato Grosso - Acrimat. A nova proposta chegou via fax aos gerentes das unidades dos frigoríficos com orientações de como ‘abordar os pecuaristas’, disse o superintendente da Acrimat, Luciano Vacari. Segundo a entidade o pecuarista deve procurar os sindicatos e entidades representantes para discutir o assunto, antes de aceitar qualquer coisa. ‘Nossa maior garantia neste momento é a união de todos, só assim vamos conseguir aprovar uma proposta concreta e responsável’, alerta o superintendente da Acrimat.

Maurício Sconton, comprador oficial de gado do Independência, comentou que o novo plano está sendo apresentado diretamente ao pecuarista e não às comissões criadas pelos credores ‘porque muitas dúvidas não são sanadas durante o repasse das informações e na conversa individual podemos explicar os detalhes’. Ele garantiu que essa é a proposta oficial do frigorífico que será apresentada durante a Assembléia Geral dos Credores ‘que deve acontecer o mais rápido possível’. Ele acrescentou que a proposta coloca o pecuarista na categoria sênior de recebimento onde ‘sai do último da fila para o primeiro da fila’.

A expectativa agora é a data da realização da Assembléia Geral dos Credores que será marcada pelo juiz da Comarca de Cajamar (SP) onde está o processo. A estratégia para a participação dos pecuaristas na Assembléia esta sendo definida. ‘Estamos pensando em constituir um único advogado por região para representar os pecuaristas, através de procuração. Precisamos de união neste momento para que o pecuarista vote em beneficio do produtor e não em soluções impostas com a nítida intenção de cooptar o pecuarista para que vote de acordo com o frigorífico’, ressaltou o representante da Acrimat, Marcos da Rosa.

Proposta original - A proposta oficial do Independência é de pagamento ä vista para os credores com crédito de até R$ 80 mil e acima deste teto, pagamento em 36 parcelas, sem juros e correção monetária.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink