Açúcar/CEPEA: Preço interno se sustenta nas máximas nominais há 3 meses

Agronegócio

Açúcar/CEPEA: Preço interno se sustenta nas máximas nominais há 3 meses

Essa estabilidade dos preços em nível elevado chama a atenção dos players
Por:
1087 acessos

Desde outubro, os preços do açúcar em São Paulo seguem no patamar máximo da série nominal do Cepea – o Indicador CEPEA/ESALQ (cristal 130-180, em SP, PVU) varia nas casas de R$ 74,00 a R$ 76,00/saca de 50 kg. Essa estabilidade dos preços em nível elevado chama a atenção dos players. Não é comum no mercado açucareiro nem no de outras commodities a sustentação dos valores em patamar recorde por período tão longo. Na segunda semana do ano, houve ligeiro aumento das negociações no mercado paulista, mas ainda continuaram bem abaixo do que seria normal para esse período, de acordo com pesquisadores do Cepea. O motivo parece ser o recuo de compradores. No entanto, a baixa disponibilidade de produto para ser comercializado no spot assegurou a estabilidade dos preços. O Indicador do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (estado de São Paulo) fechou a R$ 76,34/saca de 50 kg na terça, 18, com alta de 0,43% sobre a terça passada.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink