Adiaesp e inpEV inauguram posto de recebimento de embalagens

Agronegócio

Adiaesp e inpEV inauguram posto de recebimento de embalagens

O novo posto beneficiará os produtores das cidades de Itaberá, Itapeva e Itararé, que trabalham no cultivo de cereais em larga escala
Por:
168 acessos

A partir do dia 19 de setembro, o Estado de São Paulo terá um novo posto de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas, inaugurado na cidade de Itaberá. A iniciativa é da Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas do Estado de São Paulo (Adiaesp), que gerenciará a unidade, com o apoio do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV) e da prefeitura municipal de Itaberá. A inauguração será às 8h, no Centro Recreativo Itaberense e, na sequência, acontecerá a visita ao posto de recebimento.

Com uma área de 150m², o novo posto beneficiará os produtores das cidades de Itaberá, Itapeva e Itararé, que trabalham no cultivo de cereais em larga escala. Participam da cerimônia de abertura do posto o Prefeito de Itaberá, Walter Sergio de Souza Almeida, e o presidente da Adiaesp, José Pirinoto. Com o posto de Itaberá, o Estado de São Paulo passa a ter 72 unidades de recebimento (14 centrais e 58 postos).

Centrais e postos de recebimento:

As centrais de recebimento são unidades com, no mínimo, 160 m² de área, responsáveis pelo recebimento, segregação e compactação das embalagens destinadas à reciclagem ou incineração (no caso daquelas não-laváveis ou que não receberam lavagem adequada). Já os postos devem ter, no mínimo, 80 m² e recebem, inspecionam a lavagem e armazenam as embalagens, que depois seguem para as centrais. As informações são da assessoria de imprensa do inpEV.

- Mais informações sobre o Sistema de Destinação Final de Embalagens Vazias estão disponíveis no site www.inpev.org.br.

Serviço

Inauguração do posto de recebimento de Itaberá

Data: 19 de setembro de 2007 (quarta-feira)

Horário: a partir das 8h

Local: Rodovia Eduardo Saigh, SP 249, Km 109 - Bairro Arroio Grande - Itaberá (SP)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink