Adubo biológico aumenta produção e recupera solo

Agronegócio

Adubo biológico aumenta produção e recupera solo

O produto é um farelado, que misturado a esterco bovino e água se transforma num adubo de solo e foliar e pode ser utilizado em todas as culturas
Por:
1372 acessos

Bons resultados na lavoura dependem de práticas culturais adequadas, do plantio à colheita. A fertilidade é um dos componentes mais importantes do sistema e que possibilita boa produtividade e a manutenção das condições do solo. Para garantir boa fertilidade várias tecnologias estão à diposição do produtor.

O microgeo é uma opção de adubo biológico disponível no mercado, que possibilita a recuperação do solo e aumenta a eficiência dos fertilizantes. O produto é um farelado, que misturado a esterco bovino e água se transforma num adubo de solo e foliar e pode ser utilizado em todas as culturas.

De acordo com Leandro Leal Suppia, que representa a Microbiol Biotecnologia, de Limeira (SP), fabricante do produto, o sistema foi desenvolvido na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), de Piracicaba (SP), e está disponível aos agricultores do Paraná há três anos. De baixo custo, o microgeo tem ainda como vantagem a facilidade do preparo e da aplicação. ''O produtor tem o domínio da técnica e pode preparar o adubo na sua propriedade'', destaca.

A Ponto Rural, revendedora do microgeo no Paraná, fez demonstração aos produtores durante a 16 Expotécnica, exposição de produtos e tecnologias realizada em Sabáudia (norte do Estado) na semana passada. ''O perfil deste evento é o ideal para o contato com produtores'', afirma o representante da Microbiol.

O adubo biológico é um importante aliado do produtor. No solo, permite maior absorção dos nutrientes pelas plantas, melhor aproveitamento dos fertilizantes e corretivos, maior enraizamento e, por consequência, mais resistência à seca. ''O uso do produto também favorece a decomposição e mineralização da matéria orgânica, estruturação física e biorremediação do solo'', afirma Suppia.

A utilização na adubação foliar também é benéfica porque possibilita mais vigor e saúde e atua no sistema de defesa da planta. ''Os microorganismos também ocupam o espaço dos possíveis causadores de doenças. Esse processo se chama antibiose'', explica.

O produtor tem ainda como ganho a facilidade de aplicação. De acordo com Suppia, o microgeo pode ser misturado a outros produtos como fungicidas, inseticidas e acaricidas e ser aplicado por via terrestre ou aérea.

A pesquisa recomenda a aplicação de 300 litros do adubo biológico por hectare ao ano, que tem custo de R$ 105,00 por hectare. O produto tem bom rendimento: cada quilo do microgeo rende 40 litros do adubo biológico.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink