Agricultor familiar compra matrizes leiteiras e aumenta produção em 700%

Agronegócio

Agricultor familiar compra matrizes leiteiras e aumenta produção em 700%

De 50 a 70 litros/dia, produção chegou a 350 litros/dia
Por:
1891 acessos
No município de Patrocínio Paulista, a 98 km de Ribeirão Preto (SP), um agricultor familiar deu um salto na produção a partir do acesso ao Pronaf Mais Alimentos. José Reinaldo Neves de Freitas, 60 anos, financiou em janeiro de 2010, 12 matrizes leiteiras da raça girolanda, no valor total de R$ 49,2 mil. As matrizes vieram com filhos e estão na segunda cria, o que aumentou ainda mais o número de animais na propriedade.


Antes da chegada das matrizes, Reinaldo retirava de 50 a 70 litros de leite por dia. Com o Mais Alimentos, chegou a 350 litros ao dia, um aumento de 700%. Todo leite é entregue a uma cooperativa da região. A propriedade, de aproximadamente 84 hectares, pertence ao agricultor e mais seis irmãos. José Reinaldo está satisfeito com o acesso ao Mais Alimentos e já projeta a continuidade do aumento da produção. “Estamos no caminho certo”. A meta é produzir até o final do ano cerca de 500 litros de leite ao dia.


O Mais Alimentos é uma linha de crédito do Pronaf que financia a modernização das propriedades familiares. O agricultor familiar pode acessar até R$ 130 mil, com taxa de juros de 2% ao ano, dez anos para pagamento e três anos de carência. Além da bovinocultura de leite, o Mais Alimentos financia produtos e atividades como: açafrão, arroz, café, centeio, feijão, mandioca, milho, sorgo, trigo, erva-mate, apicultura, aquicultura, avicultura, bovinocultura de corte, caprinocultura, fruticultura, olericultura, ovinocultura, pesca e suinocultura, soja, cana-de-açúcar e palmeiras para produção de palmito.


Segundo o Censo Agropecuário de 2006 do IBGE, mais de 80% dos produtores de leite do Brasil são agricultores familiares. Ainda de acordo com o estudo, a produção de leite de vaca no estado de São Paulo representa 41% da produção na agricultura familiar.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink