Agricultores familiares do RJ terão R$ 98 milhões

Agronegócio

Agricultores familiares do RJ terão R$ 98 milhões

Em todo o Brasil, o governo federal, por intermédio do MDA, vai disponibilizar R$ 12 bilhões em crédito rural para a safra 2007/08
Por:
49 acessos

O secretário de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Adoniram Sanches Peraci, lança nesta terça-feira (09-10) o Plano Safra da Agricultura Familiar 2007/08 no Rio de Janeiro (RJ). A solenidade acontece na Assembléia Legislativa do Estado, às 10h.

Nesta safra, os agricultores do Rio de Janeiro terão à disposição mais de R$ 98 milhões, beneficiando aproximadamente 16 mil agricultores nas diversas linhas de crédito para custeio, investimento e comercialização do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Em todo o Brasil, o governo federal, por intermédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), vai disponibilizar R$ 12 bilhões em crédito rural para a safra 2007/2008. São R$ 2 bilhões a mais do que na safra passada.

Na safra 2006/2007, foram aplicados no Rio de Janeiro mais de R$ 86 milhões (dados preliminares) – cerca de R$ 63 milhões a mais que o valor da safra 2002/2003 no estado (de R$ 23.386.544). Na assistência técnica, os recursos aplicados nos quatro últimos anos no Rio de Janeiro alcançaram mais de R$ 4 milhões.

Juros mais baixos:

Além do aumento de recursos, o Plano Safra 2007/2008 traz juros mais baixos, variando de 0,5% até 5,5% ao ano. Na safra anterior, os juros do Pronaf ficaram entre 1% e 7,25% ao ano. Essa redução beneficiará, principalmente, as famílias de mais baixa renda.

“Este novo Plano Safra inaugura o processo de mais qualificação do crédito do Pronaf, com o apoio à extensão rural por meio da aplicação de recursos nas empresas estaduais de assistência técnica, nas organizações não-governamentais (ONGs), nas cooperativas, no incentivo às principais cadeias produtivas. Viramos a página da dificuldade de acesso ao crédito e, agora, temos como desafio a qualificação”, avalia Peraci. As informações são da assessoria de imprensa do MDA.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink