Agricultores propagam boas práticas no Semiárido Mineiro
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
EVENTO

Agricultores propagam boas práticas no Semiárido Mineiro

O objetivo das unidades é divulgar boas práticas para os produtores locais
Por:

Em propriedades rurais nas regiões do Alto Rio Pardo, Médio e Baixo Jequitinhonha, estão instaladas Unidades Demonstrativas (UDs) do projeto “Tecnologias Agropecuárias para o Semiárido Mineiro”. São áreas em que produtores adotam sistemas agrícolas e materiais recomendados para alcançar boas produtividades nessas regiões.

Nas UDs, os agricultores contam com assistência técnica da Emater-MG e implantam tecnologias validadas pela Embrapa para garantir a alimentação dos rebanhos durante todo o ano. O objetivo das unidades é divulgar boas práticas para os produtores locais.

Uma dessas UDs fica em Coronel Murta-MG, na comunidade Vereda, onde o produtor Ronivaldo Prates instalou áreas de Integração Lavoura-Pecuária (ILP), utilizando cultivares desenvolvidas pela Embrapa: sorgo BRS 658 com capim BRS Quênia e sorgo BRS Ponta Negra com braquiária BRS Piatã.  

O técnico Alex Sandro de Almeida, da Emater-MG, acompanhou toda a condução das lavouras e o trabalho de colheita e de ensilagem na propriedade. Ele explica que também é feita a avaliação do material colhido, com análise bromatológica, para verificar a qualidade do alimento que será oferecido para as vacas, a fim de ter um maior rendimento na produção de leite.

Para o extensionista, o trabalho de cooperação entre Embrapa, Emater-MG, prefeituras locais e Anater é de grande importância. “É uma parceria que tem somado muito, porque estamos no semiárido e precisamos de variedades de sorgo e capim mais voltadas para a região”.

O agricultor Ronivaldo Prates está satisfeito com o trabalho e espera propagar os resultados para outros agricultores da comunidade.  “Estamos tentando trazer melhorias para o município devido à estiagem, que é muita durante o ano. A gente sofre muito com a falta de chuvas e espera estar trazendo benefícios, divulgando para mais produtores e desenvolvendo cada dia mais”.

Parcerias

O projeto “Tecnologias Agropecuárias para o Semiárido Mineiro” é coordenado pela Embrapa Milho e Sorgo e conta com uma rede de parcerias, que envolve Emater-MG, Anater, Senar, Sebrae, Epamig, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, sindicatos rurais e os consórcios de municípios das três regiões atendidas: Ameje (Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Jequitinhonha), Comar (Consórcio Público Intermunicipal Multifinalitário do Alto Rio Pardo) e Nova Ambaj (Nova Associação dos Municípios da Microrregião do Baixo Jequitinhonha).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.