Agricultores recebem sementes para safra 2010/2011

Agronegócio

Agricultores recebem sementes para safra 2010/2011

Desde 2003 que os agricultores de Rondônia vêm recebendo sementes melhoradas
Por:
1394 acessos

Emater - Os agricultores de Rondônia começaram a receber, neste mês, sementes qualificadas de arroz e milho. Serão mais de 500 toneladas de sementes distribuídas a, aproximadamente, 11 mil famílias. Cada família receberá de 40 a 60 quilos de sementes de acordo com a cultura e área implantada, até o limite de dois hectares.

Desde 2003 que os agricultores de Rondônia vêm recebendo sementes melhoradas, com o intuito de elevar a produção de grãos no Estado e melhorar a qualidade produzida visando melhorar o preço para o agricultor familiar. Dependendo da época de plantio são distribuídas sementes de milho, arroz ou feijão. O início das chuvas marca o período de plantio para milho e arroz, por isso os agricultores já começam a receber as sementes de variedades mais propícias para a região.

Até oano passado foram entregues aos agricultores, 2.736,23 toneladas de feijão 1.721,96 toneladas de sementes de arroz, 2.351,80 sementes de milho, beneficiando 173.491 famílias. O resultado foi uma produção média/ano de 7.943,57 toneladas de feijão, 15.387,38 toneladas de arroz e 36.141toneladas de milho.

A distribuição de sementes melhoradas faz parte do “Projeto Semear”, desenvolvido pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes) e de Agricultura, Pecuária e de Regularização Fundiária (Seagri). A execução é da Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater) que cadastra as famílias e distribui as sementes.

As sementes entregues ao agricultor são de qualidade e viável ao solo rondoniense. Para a safra 2010/2011 estão sendo distribuídas 119,63 toneladas de arroz da variedade arroz AN Cambará, 183,27 toneladas de arroz BRS Primavera e 224,96 toneladas de milho AL Bandeirantes.

Segundo o engenheiro agrônomo José Edny de Lima Ramos, extensionista da Emater e responsável pela distribuição de sementes no Estado, cada família poderá receber até 60 quilos de sementes de arroz e 40 quilos de sementes de milho, dependendo da área implantada, ao limite de até dois hectares da cultura.

Edny conta ainda que, no ano passado foram distribuídas 149,96 toneladas de sementes de arroz, que resultou em uma produtividade de 2.600 Kg/ha. Somente com a variedade BRS Primavera, a ser implantada em 3050 toneladas, estima-se uma produção de 7.930 toneladas de grãos. Já, o milho será implantado em 11.250 hectares e prevê uma produção de 29.250 toneladas de grãos. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink