Agricultura familiar brasileira é tema de Seminário na Alemanha

Agronegócio

Agricultura familiar brasileira é tema de Seminário na Alemanha

Iniciativa do MDA e Planeta Orgânico visa promover as políticas públicas já em curso
Por:
936 acessos
Iniciativa do MDA e Planeta Orgânico visa promover as políticas públicas já em curso para a realização de uma Copa sustentável em 2014

A agricultura familiar, segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), é responsável por 4,1 milhões de unidades produtivas e responde por 70% dos alimentos consumidos diariamente pelos brasileiros, e significa 10% do Produto Interno Bruto (PIB). Segundo o MDA, trabalham na agricultura familiar cerca de 12 milhões de brasileiros. Estima-se um crescimento anual de 30% da presença da agricultura familiar no mercado doméstico.

“A Copa do Mundo de 2014 será uma oportunidade única para a inserção da agricultura familiar no mercado doméstico por intermédio de ações pontuais nas 12 cidades, e também de âmbito nacional. Por meio do Talentos Brasil Rural será desenvolvida uma rede de serviços que envolve os setores de gastronomia e turismo, contemplando artesanato, decorativos e utilitários, alimentos, bebidas e amenities produzidos pela agricultura familiar”, explica Maria Beatriz Martins Costa, diretora do Planeta Orgânico.

O evento acontecerá no Hotel Holiday Inn em Nuremberg, no dia 15/02, é aberto a empresas públicas e privadas que desejem fazer parcerias com o governo brasileiro para a Copa de 2014.

PALESTRAS

O tema do painel de abertura do Seminário será Oportunidades para o Mundo Sustentável na Copa 2014, quando o Diretor de Geração de Renda e Agregação de Valor da Secretaria de Agricultura Familiar, Arnoldo Campos, destacará as oportunidades de parceria da agricultura familiar com o setor privado, particularmente com o projeto Talentos Brasil Rural.

Sociobiodiversidade: um conceito criado no Brasil será debatido por Julio Pinho, Gerente de Agroextrativismo do Ministério do Meio Ambiente que apresentará o Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade (PNPSB). O Plano tem como objetivo desenvolver ações integradas para a promoção e o fortalecimento das cadeias de produtos da sociobiodiversidade para a construção de mercados sustentáveis. O objetivo é fomentar parcerias com atores internacionais comprometidos com sustentabilidade.

Maria Beatriz Martins Costa, diretora executiva do Planeta Orgânico, falará sobre o Valor Agregado da agricultura familiar do Brasil.

Para a apresentação de casos de sucesso, os expositores presentes na BioFach 2011, Jedielson de Jesus Oliveira da Copoam do Pará, e Terezinha Maria de Oliveira Medeiros da Coopercaju do Rio Grande do Norte, falarão sobre suas trajetórias no mercado de orgânicos. O Coordenador Geral de Diversificação Econômica, Apoio a Agroindústria e Apoio a Comercialização da Agricultura Familiar, José Aldemar Batista, também estará neste Seminário apresentando o Marco Legal, Políticas Públicas, Desafios e Oportunidades. Cerca de 1,5 mil produtores orgânicos estão regularizados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e mais 3,5 mil estão em processo final de cadastramento. Essa é a primeira avaliação após o término do prazo de cadastro dos agricultores, no dia 31 de dezembro.

A legislação estabelece três instrumentos para garantir a qualidade dos alimentos: a certificação, os sistemas participativos de garantia e o controle social para a venda direta sem certificação. Os agricultores que buscarem a certificação e estiverem de acordo com as normas poderão usar o selo oficial nos seus produtos. O selo é fornecido por certificadoras cadastradas no Ministério da Agricultura, que são responsáveis pela fiscalização dos produtos.
O MDA levará para Nuremberg cooperativas aptas para exportação que trabalham com produtos como cacau, café, castanha de caju, mel, umbu, cachaça, açúcar e guaraná.

ABRABIO

No evento será apresentada a recém criada ABRABIO - Associação Brasileira da Agricultura Familiar Orgânica, Agroecológica e Agroextrativista - e o presidente, Iran Trentim, falará sobre os planos da nova associação para os próximos anos. A Abrabio congrega hoje 12 mil famílias do meio rural de 18 estados brasileiros, com um faturamento anual de, aproximadamente, R$ 25 milhões. “A meta é expandir e saltar de 52 empreendimentos associados para 200 no decorrer de 2011”, diz Trentim.

Planeta Orgânico com agenda lotada na BioFach

O Planeta Orgânico foi criado em 2000, data da publicação do site www.planetaorganico.com.br, e promove por intermédio de uma série de ações, a aproximação do setor orgânico com empresas e Governo. “ A BioFach é a mais importante feira internacional do setor orgânico e durante quatro dias de fevereiro Nuremberg é a capital do mundo orgânico. O Planeta Orgânico vem promovendo a presença de produtos orgânicos em eventos desde 2006, quando participamos do Encontro Econômico Brasil Alemanha em Berlim. Desde então estamos aproximando o setor orgânico da gastronomia e do turismo, e para a semana de 15 a 19 de fevereiro de 2011 já estamos com nossa agenda tomada por encontros com atores interessados nestas parcerias” diz Maria Beatriz Martins Costa, diretora executiva do Planeta Orgânico.

As informações são de assessoria de imprensa.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink