Agricultura irrigada em pequenas e médias propriedades?
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Marcel Oliveira

SUSTENTABILIDADE

Agricultura irrigada em pequenas e médias propriedades?

Agricultura irrigada está relacionada às decisões que tomamos
Por: -Aline Merladete
1576 acessos

A sustentabilidade ambiental, econômica e social da agricultura irrigada está relacionada às decisões que tomamos, desde a escolha dos métodos de irrigação e cultivo até a comercialização do produto.

Com os recursos naturais, humanos e financeiros cada vez mais escassos, é preciso tomar decisões cada vez mais inteligentes para garantir que existam recursos, segurança alimentar, geração de renda e dignidade social nesta e nas gerações futuras.

De acordo com Glayton Botelho Rocha, Especialista Agronômico Netafim , o projeto que desencadeou a 1ª história de sucesso da Netafim™, no suporte à agricultura irrigada com eficiência em pequenas e médias propriedades, foi a implantação de 900 kits de irrigação familiar em lotes de 100 a 500m², no ano de 2003, no Níger, na África. O Projeto da Netafim foi contemplado através de um concurso de combate à pobreza e desenvolvimento regional criado em parceria com o Banco Mundial, ONU e FAO.

O artigo Agricultura irrigada em pequenas e médias propriedades, de Glayton Botelho Rocha, Especialista Agronômico Netafim, explica que, em país africano, em que a agricultura na maioria das vezes é liderada pela mulher, o objetivo era não apenas fornecer condições de produção de alimento, mas também produzir para geração de renda, reduzir a pobreza e melhorar as condições de trabalho das mulheres através de um sistema operacional simples, confiável e eficiente.

As principais culturas cultivadas nas áreas foram alface, tomate, cebola, feijão, repolho, milho e mandioca. A produção foi capaz de melhorar a alimentação das famílias e ainda, comercializar seu excedente no mercado local. O lucro obtido na venda dos alimentos, não só promoveu o pagamento rápido dos custos de produção, como possibilitou a experiência de consumo de outros produtos e bens que as famílias não tinham acesso até então.

Histórias como esta se espalharam pelo mundo, como no caso do: Senegal, Burkina Faso, Quênia, Índia, Peru, Chile, Paraguai entre outros, até chegar ao Brasil.

No Brasil, a empresa fez parte da história dos agricultores familiares de Oeiras, no Piauí. Em meio às condições semi áridas do sertão nordestino, e testemunhamos o desenvolvimento da agricultura irrigada com eficiência, elevando a produtividade para gerar renda e melhores condições de vida, com manejo simples e confiável.

As principais culturas foram: milho, mandioca, batata, feijão, fava, abóbora, pimenta, banana e melancia. Os maiores benefícios para os produtores foram além das melhorias das condições de trabalho, a economia de água, fertilizantes e mão-de-obra, reduzindo o custo de produção e aumentando o seu lucro.

Hoje, com o objetivo de simplificar todas as soluções para pequenos e médios produtores, foi criada uma família de kits modulares para agricultura familiar, nos modelos 500, 1000 e 2000 m2 e 0,5 e 1 hectare, que contemplam pacotes de equipamentos necessários a um projeto de irrigação, sem a necessidade de moto bombas de pressurização do sistema.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink