Agrishow espera crescer 10% este ano


Agronegócio

Agrishow espera crescer 10% este ano

Por:
1 acessos

A décima edição da Agrishow, uma das três maiores feiras agropecuárias do mundo, começa nesta segunda-feira em Ribeirão Preto (SP) e vai até 3 de maio Considerada o termômetro do agronegócio brasileiro a Agrishow deve movimentar R$ 1,2 bilhão, 10% a mais em relação ao resultado de 2002, quando a feira bateu o recorde de negócios, movimentando R$ 1,1 bilhão.

"Quando se chega a um resultado tão grande quanto ao que já obtivemos fica difícil prever um crescimento muito maior do que esse. Elevar em 10% os negócios da feira já é uma previsão otimista dos organizadores da feira", diz Odilão Baptista Teixeira, diretor geral da Agrishow.

O crescimento não é apenas no número de negócios. Este ano a feira terá 550 expositores - dos quais 60 serão estrangeiros -, número que supera em 22% os 450 expositores do ano passado. A fazenda onde a feira é realizada possui 540 hectares, dos quais 260 hectares serão ocupados pelo evento e que receberão cerca de 150 mil visitantes em todos os seis dias de evento. No ano passado a Agrishow recebeu 135 mil pessoas, o que significa que este ano o movimento na feira deverá crescer mais de 10%.

Tradicionalmente conhecida por ser uma feira destinada às mais modernas técnicas para a agricultura, a cada ano que passa a pecuária ganha mais espaço na Agrishow. No ano passado o segmento ocupou uma área de 30 mil metros quadrados e para este está previsto um crescimento superior a 30%. No total, a pecuária deverá ocupar uma área de 40 mil metros quadrados dentro da Agrishow de 2003.

Cerca de 80 empresas representarão o setor da pecuária dentro da feira. O número supera em 33% os 60 expositores de 2002. A expectativa é de que as indústrias frigoríficas ofereçam parcerias aos produtores, já as associações de pretendem mostrar os resultados de seus cruzamentos para a produção de carne de melhor qualidade. Nesse sentido, a Agropecuária CFM, uma das maiores fornecedoras de touros do País estará presente pela quarta vez e levará alguns lotes de animais.

"Levaremos novilhas para explicar como funciona nosso sistema de seleção, baseado a pasto, e mostrar os excelentes resultados obtidos com fêmeas prenhas aos 14 meses de idade", diz Fábio Dias, coordenador de pecuária da CFM.

A infra-estrutura da décima edição da Agrishow é digna de uma cidade de pequeno porte. Ocupando uma área de 260 hectares, os 150 mil visitantes esperados para os seis dias de feira terão à disposição uma rede hidráulica de 12 quilômetros, dois poços artesianos, com capacidade total de fornecimento de 25 mil litros de água por hora, além de dez caixas d’água, que estão aptas a armazenar 320 mil litros.

"Além do fornecimento de água, a capacidade de fornecimento de energia elétrica é suficiente para abastecer uma cidade de 20 mil habitantes, mesmo número de pessoas que podem ser atendidas pelo nosso fornecimento de água", afirma.

Como toda cidade, a questão de segurança é um ponto fundamental. A organização do evento providenciou um grupo de inteligência para reforçar o apoio da polícia militar, rodoviária e do corpo de bombeiros. "Esse grupo está nos auxiliando. Além disso, teremos 15 viaturas da polícia dentro da feira, fazendo ronda 24 horas por dia para dar a segurança necessária a todos."

Segundo o diretor geral, a edição deste ano da Agrishow dará uma atenção especial aos micro e pequenos produtores rurais.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink