Agroecologia e agricultura familiar mantêm a força produtiva no campo

Agricultura

Agroecologia e agricultura familiar mantêm a força produtiva no campo

Durante a realização da 16ª edição da Acof2018, a equipe técnica da Embrapa Arroz e Feijão (GO) apresentou palestras e oficinas
Por:
60 acessos

Durante a realização da 16ª edição da Agro Centro-Oeste Familiar2018  (Acof2018), que aconteceu em São Luiz de Montes Belos (GO), entre os dias 9 e 11 de maio, a equipe técnica da Embrapa Arroz e Feijão (GO) apresentou palestras e oficinas, participando também em mesas redondas, fórum de trocas de experiências e conhecimentos, além do estande institucional, com demonstração de tecnologias e publicações disponíveis ao homem do campo.

Promovida pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), em parceria com as cooperativas de agricultores, sindicatos rurais, movimentos sociais, instituições públicas em âmbito federal, estadual e municipal, centros de pesquisa agropecuária e pela sociedade civil organizada, a Agro Centro-Oeste Familiar2018 teve como tema central “Agricultura Familiar: oportunidades e desafios na produção de alimentos saudáveis”.

Durante a realização da Acof2018, a pesquisadora Flávia Alcântara, da Embrapa Arroz e Feijão ministrou palestra sobre ‘Agroecologia e Agricultura Familiar’. Ela destacou o aspecto multidisciplinar da agroecologia, isto é, mostrou a agroecologia num contexto dimensional que evolve, ao mesmo tempo, ciência - a agroecologia prioriza a pesquisa participativa, a abordagem holística e a transdiciplinariedade; como uma prática - se baseia nos conhecimentos e nas práticas que os agricultores e agricultoras exercem no dia-a-dia; e, também, como um movimento - busca fortalecer a agricultura familiar e camponesa, para que se alcance segurança e soberania alimentar.

A solução da fome no mundo passa pelo reconhecimento de que a segurança alimentar na maioria dos países em desenvolvimento só será alcançada por meio do fortalecimento da agricultura familiar; e a agricultura de base agroecológica, com seus sistemas ambiental e socialmente funcionais, resistentes a produtos industriais e mais voltada a processos ecológicos naturais, podem contribuir imensamente para esse fim, garantindo a sustentabilidade socioeconomica, ambiental e cultural dos agricultores.

Nestes 18 anos de Agro Centro-Oeste Familiar fizeram com que o evento se consolidasse em um espaço aberto de debates, diálogos e construção de conhecimento para o desenvolvimento rural, além de valorização do potencial artístico e cultural dos agricultores familiares.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink