Agroenergia anima mercado de terras agrícolas no país
CI
Agronegócio

Agroenergia anima mercado de terras agrícolas no país

A febre da agroenergia deu ânimo ao mercado de compra e venda de terras
Por:
Além de colaborar para o crescimento das exportações do campo e limitar os reflexos da crise dos grãos no PIB do setor, a febre em torno da agroenergia, sobretudo do álcool, deu algum ânimo ao mercado de compra e venda de terras e vem sustentando um pequeno aumento médio dos preços de propriedades agrícolas no país.


Levantamento do Instituto FNP mostra que, de maneira geral, os negócios fechados nessa frente seguem escassos, sobretudo pela descapitalização dos sojicultores. Nesse cenário, a alta média nacional de 1,24% na comparação entre os bimestres setembro/outubro de 2006 e novembro/dezembro de 2005 pode ser encarada como a continuidade de uma estagnação que já duraria três anos. Tal estabilidade média esconde, porém, algumas oscilações consideráveis.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink