Agroenergia é apresentada como alternativa

Agronegócio

Agroenergia é apresentada como alternativa

Dia de Campo foi realizado nesta sexta-feira, em Pelotas/RS
Por: -Joana
2563 acessos
A possibilidade de culturas como a mamona, o pinhão-manso, a batata-doce e o recém-chegado tungue – há pouco tempo introduzido no Brasil – serem uma alternativa viável de fonte de renda para agricultores familiares no Rio Grande do Sul através da cadeia da agroenergia foi apresentada em “Dia de Campo” realizado pela Embrapa Clima Temperado nesta sexta-feira – 8 de abril.

Novas tecnologias para cada uma das culturas, todas com potencial biocombustível, foram apresentadas na prática. Ao todo, cinco estações de campo foram montadas, cada uma apresentando aos participantes aspectos específicos das culturas. A boa adaptação do tungue às terras gaúchas e o alto teor de óleo do pinhão-manso, por exemplo, foram expostos.

O “Dia de Campo” ainda contou com a apresentação do Projeto Capacitação de Agricultores Familiares na Produção de Culturas Agroenergéticas, Produção de Sementes e uso dos Co-produtos do Processamento, da FAPEG e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Durante a exposição, foram relatadas as atividades em execução do projeto, com foco na capacitação dos agricultores envolvidos.

A Embrapa Clima Temperado, a Universidade Federal de Pelotas (UFPel), a UNAIC, a Cooplantar e a Emater/RS também participam do projeto.
 
As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Clima Temperado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink